Você não tem permissão para copiar esta notícia entre em contato com os administradores do Google.
Início / Cidades / Pedro Cunha Lima solicita reabertura do BB em cidades do Cariri

Pedro Cunha Lima solicita reabertura do BB em cidades do Cariri

timthumb (1)

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) se reuniu com o vice-presidente de serviços, infraestrutura e operações do Banco do Brasil, José Maia, e solicitou a reabertura de unidades bancárias no município de Boqueirão, Cabaceiras e Alagoa Nova. Uma população de 42 mil habitantes está sem o correspondente bancário desde a explosão das agências por banidos.

A agência do BB em Boqueirão, por exemplo, foi alvo de explosões por duas vezes só em 2015. A unidade ficou totalmente destruída e a superintendência resolveu não abrir mais em decorrência dos altos custos para a obra. Só este ano já são 59 ocorrências contra bancos na Paraíba.

As unidades das outras duas cidades também foram alvo dos bandidos. No caso de Cabaceiras, a superintendência do BB anunciou no início deste ano que fecharia a agência em decorrência das sucessivas explosões a caixas eletrônicos. Em Alagoa Nova a explosão ocorreu na última quarta (13).

“Sabemos do problema sério de violência que atormenta toda a Paraíba e da omissão do Governo Estadual em relação à segurança pública, mas a população não pode ser penalizada por isso. Os moradores precisam se deslocar até outros municípios para fazer as suas transações e isso além de demandar tempo, também é muito arriscado, por isso, solicitamos a reabertura das agências para os municípios”, comentou Pedro.

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

Mais de 36 mil clientes da classe rural podem perder benefício na tarifa de energia elétrica, na PB

Mais de 36 mil clientes rurais de 71 cidades paraibanas têm até o dia 31 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *