Você não tem permissão para copiar esta notícia entre em contato com os administradores do Google.
Início / Destaques / MP pede arquivamento da AIJE do “Cheque de 50 mil” contra a prefeita de Livramento

MP pede arquivamento da AIJE do “Cheque de 50 mil” contra a prefeita de Livramento

O Ministério Público desmontou a principal farsa montada pela oposição de Livramento nas eleições municipais de 2016. Em parecer do promotor Dr. Leonardo Cunha Lima de Oliveira, o MP pediu o arquivamento da AIJE promovida pela “coligação Um Livramento para todos” contra a prefeita Carmelita Ventura, seu vice Adriano Leite, além de Gleide Maranhão e Júlio César Rodrigues.

A ação ficou bastante conhecida durante a última campanha eleitoral de Livramento como o “Cheque de 50 mil”, que supostamente teria sido emitido pela prefeita Carmelita Ventura para conquistar o apoio do suposto líder político Josivaldo Vital Ferreira.

A farsa foi desmontada politicamente na própria campanha, uma vez que áudios foram divulgados à época onde Josivaldo tentava nitidamente incriminar o ex-secretário Gleide Maranhão, o que pôde ser percebido pela população. A estratégia foi tão mal montada que a prefeita Carmelita Ventura ganhou a eleição com maioria ainda maior que sua primeira disputa.

Na Justiça, o promotor atestou em seu parecer: “Não restou demonstrado que a candidata tenha praticado qualquer conduta descrita como ilegal, nem ficou demonstrado nos autos o aliciamento ou pedido de voto feito a Josivaldo Ferreira, conforme alegado”.

A prefeita Carmelita Ventura comemorou a decisão do Ministério Público e disse que mais uma vez a oposição mostrou sua verdadeira face. “Eles fazem tudo pelo poder. Mentem, dissimulam, envolvem e até tentam incriminar as pessoas para conquistar seus objetivos. Na campanha desmontamos a farsa, agora a Justiça é feita e comprovada oficialmente. Ganhamos com o apoio e a confiança da maioria de nosso povo e nossos opositores perderam não apenas a eleição, mas a dignidade numa disputa eleitoral”, pontuou a prefeita Carmelita Ventura.

A defesa da prefeita Carmelita Ventura foi feita pelo advogado Dr. José Maviael, que lamentou a criação de factóides durante as campanhas eleitorais na crença de que a Justiça não tem sensibilidade para desmontar tais farsas. “A criação desse cheque há poucos dias da eleição foi uma farsa muito mal montada e uma afronta a democracia, que pressupõe a vontade da maioria. Os opositores sabiam que estavam perdidos e apostaram toda sorte de estratégias para ganhar no tapetão. Felizmente o povo percebeu em tempo e a Justiça veio agora confirmar o que já demonstramos desde a campanha eleitoral. De parabéns está o Ministério Público por não ofertar uma denúncia falsa e fraca ao Poder Judiciário”.

Com De Olho no Cariri

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

Gabinete da deputada federal Edna Henrique gasta quase 150 mil reais com salários de assessores

Enquanto as rádios patrocinadas pelo grupo João Henrique de comunicação lançam uma campanha de ataques …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *