Emprego

Governador anuncia novos concursos na Paraíba

Governador anuncia novos concursos na Paraíba 1

O governador João Azevêdo (PSB) anunciou, nesta segunda-feira (13), em entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, com apresentação do jornalista Heron Cid, a realização de concursos para agentes socioeducativos da Fundac (Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente); PGE (Procuradoria-Geral do Estado); e Aesa (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba). No mês passado, o gestor publicou edital do concurso para o Magistério, com mil vagas. Para 2019, João Azevêdo ainda reforçou a promessa de chamar os quinhentos aprovados do concurso de 2018 para Polícia Militar.

“Primeiro temos o objetivo de fazer concursos públicos para quatro mil novos professores ao longo de toda gestão. Já publicamos o edital de mil para este ano. Também faremos o concurso para 400 agentes socioeducativos da Fundac. Lançaremos o edital nos próximos dias. Depois faremos concurso para PGE e Aesa, serão poucas vagas, porque são órgãos relativamente pequenos, mas há suas necessidades. Também faremos o chamamento dos 500 aprovados do concurso de 2018 da área de segurança. São as metas para 2019, esperamos que em 2020 possamos ampliar para outras áreas”, disse João.

São João de Campina Grande

Apesar das diferenças políticas com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), João Azevêdo afirmou que prestigiará o São João da cidade, considerado por ele, como o Maior São João do Mundo. O pessebista assegurou a atuação dos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) – anunciado pelo governo do Estado no evento dos cem dias de gestão – na festa junina.

“Vamos implantar um plano piloto, já com várias câmeras circulando em toda área do evento. Será um teste inicial do que nós pretendemos. O evento específico do São João é uma pequena parte do que os grandes Centros irão fazer. Em cada um deles teremos 14 órgãos atuando. Trata-se de um conjunto de órgãos que ficarão fazendo monitoramento em cada área da festa”, falou João.

O governador ainda lembrou a concessão de crédito do Programa Empreender Paraíba para mais de 300 comerciantes que irão participar dos festejos juninos de Campina Grande como instrumento de valorização a festa. “Se analisarmos, o São João é formado com grandes shows, mas se não tivermos todos aqueles comerciantes, com as comidas típicas, com a cervejinha gelada, nós não temos São João. Decidimos, através do Empreender, e depois de analisarmos os pleitos apresentados, atender trezentos comerciantes. Até 31 de maio estarão com recursos para que eles possam participar do Maior São João do Mundo, com condições de terem resultado e lucro”.

Saída de secretários 

As saídas recentes de importantes secretários da gestão socialista na Paraíba, a exemplo de Waldson de Souza (Planejamento), Gilberto Carneiro (Procuradoria-Geral do Estado), Livânia Farias (Administração) e Amanda Rodrigues (Finanças), são tratadas por João como “substituições que precisavam ser feitas”. O desligamento dos auxiliares acontecem em meio a Operação Calvário, que investiga um suposto esquema de corrupção com dinheiro da Saúde.

João garante que estava preparado para promover as mudanças:

“Qualquer governo que se instale tem que estar preparado para mudanças. As mudanças serão sempre necessárias e quando tiver que ocorrer irão ocorrer por diversos motivos. As quatro (pessoas) foram fundamentais para o governo de Ricardo Coutinho e para o nosso no início. Entretanto, contingências levaram, por motivos diferentes, cada um deles, a se desligarem do governo. Cabe ao governador tomar medidas e providências para que o ritmo e a forma que o governo está atuando não seja prejudicado com a saída de competentes profissionais, reconheço que são. Temos que tomar providências. Fizemos as substituições que precisavam ser feitas e até algumas alterações como a fusão da Secretaria de Finanças com a Receita, prática comum no país inteiro. Termos a Secretaria da Fazenda cobrindo as duas áreas, de controle de fluxo de caixa e ao mesmo tempo de receita, facilita e reduz burocracias no estado”, argumentou.

Maurílio Júnior – MaisPB

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar