Você não tem permissão para copiar esta notícia entre em contato com os administradores do Google.
Início / Mundo / Planeta pede socorro terra perdeu 40% dos animais desde 1970

Planeta pede socorro terra perdeu 40% dos animais desde 1970

Celebra-se esta segunda-feira, 22 de abril, o Dia Internacional da Terra. Mas apesar de o dia ser do planeta, as estrelas somos nós, os humanos. Segundo dados publicados pela associação ambientalista Zero a propósito do efeméride festiva, a situação ambiental no nosso planeta tem-se alterado de forma alarmante desde 1970, ano em que o Dia da Terra começou a ser celebrado: segundo a associação, por exemplo, 40% dos animais do nosso planeta desapareceram desde aquele ano.

De acordo com a Zero, a Terra enfrenta “a maior taxa de extinção desde que perdemos os dinossauros há mais de 60 milhões de anos”. O motivo? Os humanos e as suas atividades. “Alterações climáticas, desmatamento, perda de habitat, tráfico e caça furtiva, agricultura insustentável, poluição e uso de pesticidas”, são algumas das causas humanas para a diminuição da biodiversidade dadas pela associação, que faz o apelo para que o Dia da Terra deste ano seja celebrado a pensar na proteção das espécies.

Mas não ficamos por aqui. Diz a Zero que os humanos têm outro tipo de impacto no planeta: 40% dos animais marinhos também desapareceram e as populações de insetos — em alguns lugares do mundo — e de animais de água doce diminuíram 75%. Tudo desde 1970. Uma estatística que é concretizada um outro número: estima-se que os seres humanos tenham impactado 83% da superfície terrestre, desde ecossistemas a espécies de animais, diz a Zero.

A associação olhou também em concreto para Portugal. Diz que o país tem um “conhecimento insuficiente dos seus valores naturais”, mantendo limitações para uma avaliação rigorosa do grau de ameaça que existe sobre as diversas espécies protegidas. Aliás, acrescenta mesmo que em Portugal existe “uma política pública sem objetivos estabelecidos para a conservação das espécies” havendo legislação por publicar nesta área.

O Observador

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

San Francisco, EUA, proíbe o uso de reconhecimento facial pela polícia

San Francisco tornou-se nesta terça-feira (15) a primeira cidade dos EUA a proibir o uso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *