Você não tem permissão para copiar esta notícia entre em contato com os administradores do Google.
Início / Paraíba / PB já registrou 56 ataques a bancos em 2016

PB já registrou 56 ataques a bancos em 2016

explosao_serrabranca-300x225

A Paraíba registrou 56 ocorrências de violência contra bancos no primeiro semestre de 2016, segundo balanço realizado pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba. Entre os casos, houve 32 explosões, 16 arrombamentos, três assaltos, três tentativas e duas saidinhas de banco.

De acordo com o Secretário de Estado de Segurança e Defesa Social (Seds), Cláudio Lima, a maior preocupação do governo é com as explosões, tendo em vista que causam danos maiores para as agências e para a população. No entanto, ele contesta o investimento em segurança de alguns bancos. “A situação é grave, reconhecemos, mas é necessário uma operação de inteligência da polícia e dos bancos”, ressalta o secretário, citando a implantação de um monitoramento das câmeras de segurança das agências.

Ainda conforme Cláudio Lima, é preciso conversar individualmente com os bancos e Ministério Público para depois dar uma resposta mais clara para a população sobre a situação. Além disso, o secretário explicou que a Seds está em parceria com o estado de Alagoas e a cidade de Natal, para unir reforços em combate às ocorrências.

O secretário geral do Sindicato dos Bancários, Paulo Sérgio, avaliou os números de maneira negativa e também alerta para a falta de uma segurança mais rígida nas agências bancárias e nos caixas eletrônicos do estado. “Os números mostram que está acontecendo cada vez mais ousadia na prática dos crimes. Falta investimento por parte dos bancos, que mesmo em época de crise têm uma lucratividade muito alta”, comentou.

O que o Sindicato dos Bancários tem feito, de acordo com Paulo Sérgio, é denunciar às autoridades a falta de segurança dentro das agências. Além disso, ressalta que falta investimento por parte do setor público nessa mesma área. “Nós temos cobrado, temos feito as audiências públicas e solicitado mudanças junto às superintendências dos bancos. É isso que está ao nosso alcance”, frisou.

Cláudio Lima concorda que os anos de 2015 e 2016 registraram números preocupantes, mas diz que o Estado sozinho não pode resolver. “Se for feita uma análise bem meticulosa, os bancos estão cada vez mais expandidos, com extensão para a agência dos Correios, por exemplo. Isso inclui preocupação patrimonial”, ressaltou.

Com PB Agora

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

Confira as Fotos da Monteirense Anniele Maracajá na revista Sexy

A revista sexyclube disponibilizou em seu site algumas imagens da Monteirense Anniele Maracajá que é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *