Você não tem permissão para copiar esta notícia entre em contato com os administradores do Google.
Início / Política / TCE aprova contas da prefeitura de Taperoá referente ao exercício financeiro de 2015

TCE aprova contas da prefeitura de Taperoá referente ao exercício financeiro de 2015

Reunido em sessão ordinária na manhã desta quarta-feira (10), o Pleno do Tribunal de Contas do Estado reprovou a prestação de contas do município de Teixeira, relativa ao exercício de 2015. Entre as irregularidades apontadas, destacaram-se a não aplicação do limite mínimo de 25% em educação e o não recolhimento das contribuições previdenciárias. Ainda cabe recurso. Aprovadas foram as contas das prefeituras municipais de Itapororoca e Igaracy de 2016 e Taperoá (2015).

O Pleno julgou regulares as contas do Gabinete do Vice-Governador e das Secretarias de Estado do Planejamento e Orçamento, e da Agricultura e da Pesca, relativas ao exercício de 2017, sob relatorias dos conselheiros André Carlo Torres e Arthur Cunha Lima, respectivamente. A pedido do relator, conselheiro Fernando Rodrigues Catão, foram adiadas as contas de 2017 da Secretaria de Estado do Turismo e do Fundo Estadual de Apoio ao Empreendedorismo – Empreender.

Vista – O julgamento das contas da prefeitura de Bananeiras, relativas a 2017, foi adiado, após o voto vista do conselheiro Arthur Cunha Lima. O relator do processo, conselheiro Marcos Antônio Costa – que já havia votado pela emissão de parecer contrário, em preliminar, acatou o recebimento de novos documentos e solicitou o adiamento do julgamento. As principais irregularidades levantadas pela Auditoria atestaram o não recolhimento das contribuições previdenciárias, excesso de despesas com pessoal e pagamento em duplicidade a servidores.

Os conselheiros rejeitaram recursos de Reconsideração, interpostos pelo ex-prefeito de Carrapateiras, André Pedrosa Alves, contra decisões da Corte, relativas às contas anuais dos exercícios de 2014 e 2015. O Tribunal emitiu pareceres pela reprovação das contas. O relator dos processos foi o conselheiro substituto, Renato Sérgio Santiago Melo. O Pleno também decidiu pelo arquivamento de denúncia formulada contra o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir |Meireles, envolvendo aplicação de recursos do Fundeb.

O TCE-PB realizou sua 2214ª sessão ordinária do Tribunal Pleno, sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana. Presentes os conselheiros Nominando Diniz, Fernando Rodrigues Catão, Arthur Cunha Lima, André Carlo Torres Pontes e Marcos Antônio Costa, como também os conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador geral Luciano Andrade Farias.

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

João participa de primeira visita de Bolsonaro ao NE

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), participa, nesta sexta-feira (24), de um encontro com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *