Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Início / Cidades / Tragédia: Dono da Banda desejo de Mulher está entre os 11 mortos em acidente com ônibus

Tragédia: Dono da Banda desejo de Mulher está entre os 11 mortos em acidente com ônibus

O guitarrista e empresário Airton Lee, da banda baiana de forró “Desejo de Mulher”, está entre as 11 pessoas que morreram no acidente envolvendo um ônibus que saiu de São Paulo em direção à cidade de Euclides da Cunha, a cerca de 300 km de Salvador. A informação foi confirmada ao G1 pelo amigo do músico e produtor da banda, Edivaldo da Silva.

O acidente ocorreu na BR-251, próximo a Salinas, em Minas Gerais, na madrugada desta segunda-feira (19), e deixou ao menos 19 feridos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O ônibus saiu da pista e capotou a cerca de 870 quilômetros de chegar ao destino.

Segundo Edivaldo, que é de São Paulo, Airton Lee tinha ido a SP para pegar equipamentos para fazer um show no São João de Euclides da Cunha, cidade onde o músico e empresário nasceu.

“Ele veio pegar esses equipamentos de iluminação para o show. Ficou aqui comigo em São Paulo na sexta, no sábado e no domingo. Deixei ele na Fernão Dias, onde ele pegou esse ônibus que é de um amigo dele e que faz linha clandestina. Ele saiu às 9h30 da manhã do domingo”, destacou.

Edivaldo afirma que nenhum outro integrante da banda estava no veículo no momento do acidente. “A banda ficou em Euclides da Cunha e somente ele veio aqui pegar os equipamentos. Ele [Airton Lee] me ligou na quinta e eu disse que tinha esses equipamentos que ele estava precisando.

Ainda de acordo com Edivaldo, Airton Lee, que tinha 46 anos, foi quem fundou a banda de forró, há 14 anos. “Ele também já tocou há algum tempo com Pepeu Gomes e outros artistas. Era muito talentoso. Tinha uma agenda de shows agora em junho e infelizmente isso acontece. Falei com a mulher dele agora há pouco e ela estava indo lá para Minas Gerais, onde ocorreu o acidente. Estamos todos arrasados”, disse

Antônio Pereira Júnior, 75 anos, proprietário da MJ Turismo, empresa que fazia a linha, disse que o ônibus não passa pela rodoviária, que pega as pessoas ao longo do caminho. Ele informou que 30 pessoas faziam a viagem, inclusive ele. Ainda segundo Júnior, ele ficou de ir ainda nesta segunda à delegacia da cidade, para prestar depoimento.

Sobrevivente

O jovem baiano Jaelson Silva de Andrade, de 23 anos, estava no mesmo ônibus e sobreviveu. Assim como Airton Lee, o jovem também saiu de São Paulo com destino a Euclides da Cunha, junto com o padrasto e dois irmãos. Jaelson disse que dormia no momento do acidente e que estava sentado ao lado do músico que morreu.

O jovem relatou ao G1 que embarcou no ônibus no bairro de Santo Amaro, na cidade de São Paulo. “Eu estava em São Paulo há cerca de 2 anos e meio. Fui para lá a trabalho e estava voltando para casa depois desse tempo todo. A previsão é de que chegasse lá nesta segunda, mas ai aconteceu isso”, destacou, ainda abalado.

Jaelson disse que teve uma fratura em um dos ossos do braço, mas que está bem. Ele disse que a situação mais crítica é a do irmão de 8 anos, que está internado com suspeita de traumatismo craniano. “Meu padrasto fraturou o pé e está com dores nas costas. Já minha irmã está bem. Ela só teve umas escoriações no pé e nas costas”, destacou.

Jaelson disse que estava viajando na poltrona 31 e que o músico Ainton Lee estava na 32. “Eu estava na janela e ele no corredor. Para mim, foi um livramento de Deus. Só me lembro que estava dormindo quando acordei de repente e vi as coisas rodarem. Eu só entendi que era um acidente depois que as pessoas começaram a gritar. Aí depois eu comecei a procurar os meus parentes que estavam em outras poltronas”, disse.

Através de nota, a prefeitura de Euclides da Cunha manifestou pesar pelas mortes ocorridas no acidente e se solidarizou aos amigos e parentes das vítimas. O prefeito Luciano Pinheiro também decretou luto oficial por três dias, a partir desta segunda.

Acidente

Onze pessoas morreram e 19 ficaram feridas em um acidente com um ônibus na BR-251, próximo a Salinas, na madrugada desta segunda-feira (19), segundo o Corpo de Bombeiros. Entre os mortos está um bebê de dois meses. Inicialmente o Samu informou que eram sete mortos e 27 feridos.

Ainda segundo o Samu, o ônibus saiu da pista e capotou. As causas do acidente são desconhecidas. Os feridos foram encaminhados para o hospital de Salinas, que ainda não informou o estado de saúde deles. Os corpos serão encaminhados para o IML de Montes Claros.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o ônibus não é de linha regular e saiu do Bairro Jardim Capela em Santo Amaro, região metropolitana de São Paulo, para Euclídes de Cunha, na Bahia. Ainda segundo a PRF, a pista não precisou ser interditada.

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

Câmara de Monteiro realiza sessão em homenagem ao dia do Maçom

A Câmara Municipal de Monteiro homenageou durante sessão solene na noite da última quarta-feira (16), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *