Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Início / Mundo / Trump e Putin anunciam decisão de derrotar o Estado Islâmico na Síria

Trump e Putin anunciam decisão de derrotar o Estado Islâmico na Síria

Em uma declaração conjunta, os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin, confirmaram a decisão de derrotar o Estado Islâmico . A postura foi adotada durante a cúpula da Apec em Danang (Vietnã) e informada em Moscou pelo serviço de porta-voz do Kremlin neste sábado (11).

Os presidentes também concordaram em que “o conflito na Síria não tem solução militar”, reiterando que “o acerto político definitivo para o conflito deve ser achado dentro do processo de Genebra, de conformidade com a resolução 2254 do Conselho de Segurança da ONU”.

Além disso, eles também confirmaram seu apoio à soberania, independência e integridade territoriais da Síria e chamaram “todas as partes sírias para participar ativamente no processo político de Genebra e a apoiar os esforços que apontem para garantir seu sucesso”.

“Os presidentes abordaram a necessidade de diminuir os sofrimentos humanos na Síria e fizeram um apelo a todos os países-membros da Organização das nações Unidas (ONU) para aumentar sua contribuição a fim de satisfazer as necessidades humanitárias durante os próximos meses”, finalizou a declaração.

De acordo com Dmitri Peskov, porta-voz de Putin , a declaração, pactuada ainda neste sábado pelo ministro de Exteriores russo, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, foi aprovada pelos dois presidentes num breve encontro durante a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico.

Proteção de mercado

Também durante a conferência da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, Trump foi enfático ao dizer que sempre “colocará os Estados Unidos em primeiro lugar”, em um sinal claro de proteção ao mercado do país e fim de acordos econômicos muito abrangentes.

Em um trecho de seu discurso diante de líderes de vários países asiáticos e empresários do mundo todo, Trump prometeu deixar as portas norte-americana abertas: “Farei acordos bilaterais de comércio com países Indo-Pacíficos e que queria se submeter aos princípios do que é justo e troca recíproca”.

Fonte: Último Segundos

Sobre O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Aproveite e Veja Também...

Igreja Anglicana diz que meninos devem ser livres para usar saias e saltos sem preconceitos

A Igreja Anglicana publicou um novo guia de aconselhamento contra o bullying por orientação sexual …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *