Cidades

Cavalo que se despediu de vaqueiro morto na PB mudou comportamento, diz irmão

cavalo-chorou-no-caixao-300x188 Cavalo que se despediu de vaqueiro morto na PB mudou comportamento, diz irmão

Há um ano, durante um velório em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, um cavalo “se despedia” do dono, o vaqueiro Wagner de Lima Figueiredo, que havia morrido em um acidente de moto. Durante o cortejo do corpo até o cemitério, o animal relinchava, batia as patas no chão e chegou até a deitar a cabeça sobre o caixão onde o corpo do seu dono estava.

Desde o enterro do vaqueiro, em 3 de janeiro de 2017, que o cavalo “Sereno” é cuidado pelo irmão de Wagner, Wando Lima. Ele relata que o animal mudou de comportamento e parou de brincar. O cuidador responsável por Sereno também afirma que o animal não corre e fica agitado em multidões.

A reação de Sereno durante o enterro do dono, sensibilizou tanto a família que os parentes decidiram não usar mais o animal em competições e apenas cuidar da saúde dele. “Nunca mais deixamos ele correr em vaquejadas. Só para passeio. A gente cuida dele como sendo da família”, disse o irmão.

“Sereno” vive no sítio Prensa, na zona rural de Cajazeiras, também sob os cuidados de um funcionário da família. Wando conta ao G1 que passa a semana trabalhando e viaja para Cajazeiras nos fins de semana, quando visita o cavalo. “Eu tenho um comércio em Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, e vou pra casa nos fins de semana”, disse Wando.

G1

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar