Cidades

Radialista é acusado de participar de esquema de lavagem de dinheiro na Prefeitura de Camalaú

eudo_nicolau Radialista é acusado de participar de esquema de lavagem de dinheiro na Prefeitura de Camalaú

O Ministério Público da Paraíba revelou um diálogo entre o prefeito afastado de Camalaú, Alecsandro Bezerra dos Santos, e radialista Eudo Nicolau, que foi contratado para prestar assessoria midiática ao prefeito em 2020, onde inclusive chegava a apresentar um programa de rádio em prol do prefeito.

De acordo com o Ministério Público, na conversa entre o prefeito e o radialista, o prefeito informa que está com um cheque da prefeitura em mãos, mas havia sido alertado que não seria prudente depositar diretamente na conta do jornalista, e que iria “trocar” o cheque da prefeitura no comércio para pagar ao radialista. No diálogo, o radialista concorda que não é recomendado o depósito direto do cheque da prefeitura, para pagar os seus serviços.

As informações repercutiram na região do Cariri, onde o radialista atua, juntamente com um vídeo que circula nas redes sociais, onde o radialista Eudo Nicolau desafiava políticos do município de Camalaú a provar se recebia algum centavo da prefeitura de Camalaú, e se provado, sairia do Cariri.

As informações constam na decisão que prorrogou o afastamento do prefeito Alecsandro Bezerra dos Santos por mais 180 dias.

decisao_eudo_1 Radialista é acusado de participar de esquema de lavagem de dinheiro na Prefeitura de Camalaú

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar