Policial

Em Sumé: Polícia Civil prende dois suspeitos por tráfico de drogas e duplo homicídio qualificado

Delegacia-Monteiro Em Sumé: Polícia Civil prende dois suspeitos por tráfico de drogas e duplo homicídio qualificadoEA Polícia Civil, Seccionais de Princesa Isabel e Monteiro, também por intermédio do GTE de Patos/PB, prendeu na tarde de quarta-feira (28) na cidade de SUMÉ/PB, dois indivíduos investigados por TRÁFICO DE DROGAS ILÍCITAS e DUPLO HOMICÍDIO QUALIFICADO.

Após investigações, as equipes se dirigiram até a cidade de SUMÉ/PB, identificando a residência dos presos, onde foi apreendido o seguinte material: 280 (duzentos e oitenta) papelotes de substância semelhante à Maconha, 6 (seis) pedras de cor branca semelhantes à COCAÍNA, a quantia aproximada de R$ 700,00 (Setecentos Reais) em espécie e cadernos com anotações de movimentação financeira do tráfico de drogas ilícitas. Os indivíduos foram conduzidos até a Delegacia de Monteiro para a lavratura dos procedimentos policiais.

“Já tínhamos prendido 8 (oito) indivíduos dessa quadrilha durante a 1ª fase da OPERAÇÃO RICE, mas essa foi uma prisão muito importante, vez que os investigados possivelmente estão envolvidos com o tráfico interestadual, além de homicídios e torturas, notadamente nas cidades pernambucanas de Santa Terezinha/PE e São José do Egito/PB, em conexão com as cidades de Imaculada/PB, Prata/PB, Ouro Velho/PB, Sumé/PB e Patos/PB, todas na Paraíba”. Disse o Delegado Seccional de Princesa Isabel, Paulo Ênio Rabelo.

“Ressaltamos o trabalho em conjunto realizado entre as Delegacias Seccionais, que resultou nessas importantes prisões na cidade de Sumé/PB; mais ainda, as investigações continuam para identificar e prender demais membros da associação criminosa”. –Disse o Delegado Seccional de Monteiro, Gilson Duarte.

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar