Policial

Acusados do assassinato de empresário serrabranquense têm prisões revogadas pela Justiça

103952966_290170522371317_2789098458181800124_n-768x576-1 Acusados do assassinato de empresário serrabranquense têm prisões revogadas pela Justiçaldebrando Targino da Silva, Wilames José de Sales e Edgley Palmeira Dias tiveram suas prisões preventivas revogadas pela Justiça, no tocante à morte do empresário serra-branquense Normando Pereira.

Os acusados permanecerão presos, mas por outros processos que já responde. Segundo apurado pela reportagem do portal, a defesa dos suspeitos pediram a revogação de suas prisões por falta de provas das acusações e o juiz da Comarca, Dr. José Irlando, acatou os argumentos.

Segundo o magistrado, o processo transcorre desde 2019 e os acusados estão presos há mais de um ano sem que a instrução criminal fosse sequer iniciada. O juiz ainda alegou que é inconcebível permanecer com os denunciados presos por tanto tempo sem que nenhuma culpa possa ser a eles atribuída.

Dr. José Irlando determinou a revogação de suas prisões, mas impôs medidas cautelares como o comparecimento à Justiça no início de cada mês, recolher-se em casa no período da noite, entre outros. Os acusados, entretanto e segundo apurou nossa reportagem, permanecem presos por conta de outros processos.

De Olho no Cariri

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar