Paraíba

Polícia divulga imagens de suspeitos de matar estudante dentro de escola em João Pessoa

suspeito-morte-joao-vitor Polícia divulga imagens de suspeitos de matar estudante dentro de escola em João PessoaA Polícia Civil da Paraíba divulgou imagens dos suspeitos de matarem o estudante João Vitor Fontes da Silva, de 18 anos, dentro de uma escola em João Pessoa. O crime completa um mês nesta sexta-feira (1ª). Nenhum suspeito foi preso.

As imagens dos suspeitos de envolvimento com a morte do estudante foram obtidas a partir de vídeos gravados pelo circuito de câmeras. Em uma das imagens é possível ver um homem de máscara que aparece pulando o muro da escola.

A delegada Luísa Correia informou que as imagens foram melhoradas pela Polícia Federal.

“Recebemos o laudo da Polícia Federal, que melhorou as imagens das câmeras, e são as imagens que mais se aproximam da identificação dos suspeitos. O que nos permite saber inicialmente é que são pessoas da localidade, porque se aproximaram e saíram a pé”, disse a delegada.

A polícia pede que quem tiver informações sobre a pessoa que aparece nas imagens, denuncie através do Disque 197. Em um mês de investigações, várias testemunhas foram ouvidas, mas nenhum suspeito foi preso.

O pai da vítima disse à TV Cabo Branco que o aparelho celular de João Vitor ainda está com a polícia. Ele foi informado que o aparelho celular ainda está bloqueado, e que devem partir para outras linhas de investigação.

joao-vitor Polícia divulga imagens de suspeitos de matar estudante dentro de escola em João Pessoa

João Vitor tinha 18 anos e havia sido contratado pelo Santa Fé de Pernambuco há pouco menos de um mês — Foto: Reprodução/Instagram

O crime aconteceu dentro da Escola Cidadã Integral Cineasta Linduarte Noronha, localizada no bairro de Gramame, em João Pessoa. Conforme a Polícia Militar, o suspeito estava mascarado quando entrou na escola.

“Segundo os próprios estudantes, ele pulou o muro, entrou na primeira classe procurando por esse aluno, João Vitor, mas não o localizou. Então João Vitor avistou o suspeito no pátio e correu para outra classe. O suspeito foi lá e executou ele dentro da sala de aula”, contou o tenente Marcone, da Polícia Militar.

Ainda de acordo com a PM, o pai da vítima contou que o jovem não tinha envolvimento com crimes na região, e que havia sido contratado recentemente pelo Santa Fé Futebol Clube, do Recife, em Pernambuco.

G1PB

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar