Paraíba

Hospital Regional de Sousa recebe título ‘Hospital Amigo da Criança’

unnamed_1-599x400 Hospital Regional de Sousa recebe título ‘Hospital Amigo da Criança’

O Hospital Regional de Sousa, que integra a rede hospitalar do Estado, receberá o título de Hospital Amigo da Criança (selo IHAC) em reconhecimento às práticas de promoção ao aleitamento materno exclusivo desde as primeiras horas de vida e do fortalecimento do cuidado dos recém-nascidos nas unidades neonatais. A iniciativa é um selo de qualidade conferido pelo Ministério da Saúde aos hospitais que cumprem as diretrizes da Portaria Nº 1.153/2014.

Com o credenciamento do Hospital Regional de Sousa, a Paraíba passará a contar com 17 hospitais detentores do título Hospital Amigo da Criança. O selo é fornecido às unidades que são referência em qualidade e humanização do atendimento durante todas as etapas da gestação, parto e nascimento e período neonatal precoce.

O credenciamento tem um significado simbólico também por ter sido anunciado no mês de agosto, conhecido como Agosto Dourado, voltado para a Campanha Nacional de Amamentação, realizada pelo Ministério da Saúde, e que este ano tem como tema “Apoiar a amamentação é cuidar do futuro”

A coordenadora da Saúde da Criança, Aleitamento Materno e Triagem Neonatal da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Rafaela Dias, ressaltou que o Hospital Regional de Sousa teve que atender aos critérios técnicos exigidos pelo Ministério da Saúde para se submeter à solicitação do credenciamento.

Entre os vários critérios exigidos estão: garantir às mulheres um acompanhante de livre escolha para oferecer suporte físico e/ou emocional durante o pré-parto, parto e pós-parto;  garantir ambiente tranquilo e acolhedor com privacidade e iluminação suave; disponibilizar métodos não-farmacológicos de alívio da dor, a exemplo de banheiras ou chuveiros, massageadores, bola de pilates.

Outros critérios exigidos são: a presença de doula comunitária/voluntária para acompanhamento de forma contínua; assegurar cuidados que reduzam procedimentos invasivos, a exemplo de rupturas de membranas, episiotomias, aceleração ou indução de partos, partos instrumentais ou cesarianas, exceto se forem em virtude de complicações; além de seguir os 10 passos do aleitamento materno.

Com uma média de 100 partos mensais, o Hospital Regional de Sousa dispõe de Posto de Coleta de Leite Humano, Sala de Vacina, Sala da Rede Cuidar, Pré-Natal de Alto Risco, UCINco, Ambulatório Egresso da UCINco, Teste da Linguinha, Teste do Pezinho, Teste do Coraçãozinho, Teste do Olhinho, Planejamento Familiar (Inserção de DIU).

A iniciativa é uma estratégia de intervenção na assistência hospitalar do pré-natal, ao parto e nascimento para garantir as boas práticas na atenção à mulher no parto e nascimento, baseados em evidências científicas. A unidade conta com 607 profissionais.

A diretora do Banco de Leite Humano Anita Cabral, Thaíse Ribeiro, explicou a importância do aleitamento materno, uma das condutas avaliadas pelo Ministério da Saúde para concessão do selo IHAC, como um investimento de saúde pública. “A criança que mama cresce mais saudável e inteligente. Aliada às boas práticas de parto e nascimento preconizadas pelas unidades que possuem selo Amigo da Criança, a amamentação reduz drasticamente o risco de morbimortalidade materna e neonatal”.

ClickPB

Etiquetas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar