Brasil

Ações da empresa de armas Taurus caem após decreto de Bolsonaro

taurus-520x347 Ações da empresa de armas Taurus caem após decreto de Bolsonaro

Após terem subido, as ações da fabricante de armas e munições Taurus passaram a cair na tarde desta terça-feira (15). A ação da fabricante de armas Taurus opera em queda de quase 10% após decreto Bolsonaro assina decreto que facilita a posse de armas no Brasil.

A diminuição no valor das ações foi registrada no início da tarde, quando as ações preferenciais perdiam 9,04%, a R$ 7,55. Os papéis ordinários se desvalorizavam 9,89%, a R$ 8,02. Na abertura da Bolsa, as ações da empresa chegaram a disparar mais de 10%, mas reduziram a alta ao longo da manhã.

“A Bolsa se antecipa ao fato sempre, e ações se valorizam com esta expectativa. Quando chega próximo ou no dia do anúncio já não existe mais novidade, pois todo o ajuste de preço já havia sido feito antes. Agora é o momento de muitos venderem e realizarem o lucro de dias atrás”, explicou o economista Pedro Coelho Afonso, alertando que na abertura da Bolsa, as ações da empresa chegaram a disparar mais de 10%, mas reduziram a alta ao longo da manhã”é algo normal no mercado de renda variável” e reflete um movimento de venda de ações para embolsar lucro.

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar