Brasil

Aplicativo que monitora gastos dos políticos vence HackFest 2017

logo-hackfest Aplicativo que monitora gastos dos políticos vence HackFest 2017

Vidinha de Balada’, ‘PaCiente’ e ‘Folha Limpa’ foram as equipes vencedoras da terceira edição do ‘HackFest Contra a Corrupção’. Os prêmios (num total de R$ 60 mil) foram entregues em solenidade realizada no final da tarde desta sexta-feira (18), no Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), em João Pessoa. As dez equipes finalistas foram premiadas, sendo três com medalhas de ouro (primeiros lugares), três com medalhas de prata (segundos lugares) e quatro com medalhas de bronze (terceiros lugares).

As equipes vencedoras com medalha de ouro receberam um prêmio de R$ 10 mil cada uma; as com medalha de prata tiveram cada uma a premiação de R$ 6 mil; e as com medalha de bronze foram agraciadas com R$ 3 mil.
O ‘Vidinha de Balada’ é um software desenvolvido que permite acompanhar os gastos dos políticos, suas vantagens pessoais, utilizando o humor para categorizar o perfil de cada político. Já o ‘PaCiente’ é um aplicativo que capta as queixas da população com os serviços de saúde, permitindo o georreferenciamento das unidades de saúde e sua classificação de acordo com as reclamações dos usuários. E o ‘Folha Limpa’ é um aplicativo que realiza o cruzamento de informações das folhas de pagamento de servidores públicos, permitindo encontrar divergências e irregularidades, como o acúmulo ilegal de cargos.
Indicado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento
(Pnud) para concorrer com projetos do mundo inteiro na área de inovação, o HackFest Contra a Corrupção; é um evento idealizado e promovido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB). A segunda etapa (premiações) da maratona de programação realizada nesta sexta-feira teve a sua primeira etapa em junho deste ano.
Quebra-Câmara- Quebra-Senado, SouFiscal. Meudeputado.com, Geração Limpa, Minha Cidade, Vidinha de Balada, PaCiente, Folha Limpa, B.O.
Bot e Caça-Fantasmas foram as dez equipes vencedoras da primeira etapa da terceira edição do ‘HackFest Contra Corrupção’, realizada de 9 a 11 de junho no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.
Na primeira etapa, os trabalhos foram julgados por uma Comissão Julgadora composta por 13 integrantes: Edmilson Campos Leite Filho e Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, representantes do Ministério Público da Paraíba; Luís Guilherme Pontes de Azevedo e Marcos Gerhardt Lindenmayer, da Controladoria Geral da União na Paraíba; Josedilton Alves Diniz e Vinicius Farias Dantas, representantes do Tribunal de Contas da Paraíba; Dimas Queiroz, da Universidade Federal da Paraíba; Gustavo Soares, da Universidade Federal de Campina Grande; Thayana Carla Dias Guerra, do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê); Severino Queiroz, da Controladoria Geral do Município de João Pessoa; Hercílio de Medeiros Sousa, do Iesp Faculdades; Bruno Duarte Garcia, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade); e Rodrigo Gama, do BNDES.
O ‘HackFest Contra a Corrupção’ é uma maratona hacker de programação que pretende, por meio do desenvolvimento de soluções tecnológicas, envolver a sociedade no combate à corrupção. Programadores, estudantes e profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares, e também das áreas de Direito, Administração, Gestão Pública, Design e Arte/Mídia estiveram reunidos em 19 equipes em junho, desenvolvendo softwares e apresentando ideias para futuros aplicativos que ficarão à disposição da sociedade.
Oficinas
Nesta segunda etapa no TCE, ocorreram diversas atividades: oficinas e uma feira para a apresentação dos serviços de diversos órgãos públicos. As atividades aconteceram durante os turnos da manhã e da tarde. Houve também um espaço destinado às crianças e área com atividades organizadas pelo Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Detran-PB, Ibama, CGU-PB e TRE-PB.
Medalha de Ouro (primeiros lugares)
# Vidinha de Balada – Software que permite acompanhar os gastos dos políticos, suas vantagens pessoais, utilizando o humor para categorizar o perfil de cada político.
# PaCiente – Aplicativo que pretende captar as queixas da população com os serviços de saúde, permitindo o georreferenciamento das unidades de saúde e sua classificação de acordo com as reclamações dos usuários.
# Folha Limpa – Aplicativo que permite realizar o cruzamento de informações das folhas de pagamento de servidores públicos, permitindo encontrar divergências e irregularidades, tais como acúmulo ilegal de cargos.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar