Diversas

ATENÇÃO: Anatel começa a bloquear celulares piratas na Paraíba e mais 14 Estados

maxresdefault-1-520x293 ATENÇÃO: Anatel começa a bloquear celulares piratas na Paraíba e mais 14 Estados

A partir deste domingo (24), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai começar a bloquear celulares “piratas”, aqueles que não têm certificação. A medida é nacional e, a partir de agora, faz parte do projeto Celular Legal.

No ano passado, 11 estados e o Distrito Federal já haviam começado a passar pelo bloqueio. Agora, outros 15 estados foram englobados na ação: Bahia, Amapá, Amazonas, Roraima, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Minas Gerais e São Paulo.

São considerados piratas todos os aparelhos que não possuem certificados pela Anatel ou então que tenham o chamado
International Mobile Equipment Indentity (IMEI), que é o número de identificação do celular, adulterado ou clonado.

A identificação dos telefones móveis acontece através de um sistema informatizado da Anatel, que atua em parceria com operadoras de telefonia e fabricantes identificando aparelhos irregulares em uso na rede.

Ao todo, 244.217 celulares já foram bloqueados no projeto e foram enviadas 531.446 mensagens de aviso a aparelhos em situação irregular até o momento.

Aparelho irregular – Procure um selo da Anatel que fica no carregador e no verso da bateria. Outra forma de fazer a verificação é verificar o IMEI para saber o status do celular. Para fazer isso, é só verificar o número que aparece na caixa e o que consta no adesivo do próprio aparelho (eles precisam ser iguais). Também dá para consultar o MEI do aparelho discando *#06#.

Fonte: Correio 24 Horas

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar