CidadesDestaques

Centro da Mulher reforça importância de cuidados para as gestantes monteirenses

Centro-da-Mulher-reforça-importância-de-cuidados-para-as-gestantes-monteirenses-2-587x390 Centro da Mulher reforça importância de cuidados para as gestantes monteirensesApós 20 semanas de gravidez, todas as mamães que fazem parte do atendimento da Rede Básica Municipal agora podem contar com mais uma especialidade médica. Trata-se do atendimento ambulatorial para gestação de alto risco.

A Prefeitura Municipal de Monteiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, oferece o atendimento que acontece semanalmente no Centro da Mulher com o Dr. Francisberto Pires que alerta as mamães para o risco de pré-eclâmpsia, uma complicação em que a gestante desenvolve pressão alta, com grande risco para a mãe e o filho.

“Gestantes de risco merecem atendimento especializado, com rigorosa vigilância durante o pré-natal. Aqui orientamos sobre os diversos fatores de risco, realizamos o tratamento para prevenir eventualidades e até mesmo a mortalidade seja ela da mãe ou do bebê”, informa Dr. Francisberto.

O atendimento ambulatorial para gestação de alto risco tem o intuito de acompanhar as mulheres que apresentam um ou mais fatores de risco, como a obesidade que avança no país, gravidez mais tardia, mulheres com mais comorbidades e, além disso, manter o controle clínico de doenças sejam elas graves ou não.

Atendimento

O atendimento ambulatorial para gestação de alto risco recebe as mães com atendimentos uma vez por semana. Para receber o atendimento especializado a gestante é encaminhada pela Unidade Básica de saúde.

A regularidade do acompanhamento é decidida pelo médico de acordo com a avaliação individual de cada patologia. As visitas podem acontecer semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. “Entre os principais atendimentos estão hipertensão arterial, diabetes e infecções, mas temos um olhar bastante cuidadoso com as mamães”, completa o obstetra.

Também entram na lista infecções sexualmente transmissíveis, uso de drogas ilícitas e álcool, tabagismo, viroses e arboviroses, desnutrição significativa, obesidade, sedentarismo, estresse, gestação precoce, tardia e/ou múltipla, patologias autoimunes, cardíacas, renais, tireoidianas, entre outros.

O obstetra comenta que, em toda gestação, diversos cuidados são necessários a fim de garantir tanto a saúde das mães quanto a dos fetos. “É importante que a mulher inicie o acompanhamento médico antes mesmo de engravidar. Dessa forma, ela irá se preparar tanto do ponto de vista físico e orgânico quanto emocional, e vai engravidar nas melhores condições possíveis.”

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar