DestaquesDiversas

Cientistas preveem surto maior de chikungunya no primeiro trimestre de 2016

dengue-chikungunya-zika-232x300 Cientistas preveem surto maior de chikungunya no primeiro trimestre de 2016

De janeiro a abril a população do mosquito Aedes aegypti atinge o seu pico. Sabendo-se que esse mosquito é o transmissor da dengue, zika e chikungunya, as autoridades de saúde estão em alerta para um possível aumento massivo no surto dessas doenças.

dengue-chikungunya-zika Cientistas preveem surto maior de chikungunya no primeiro trimestre de 2016

De acordo com especialistas, os sintomas da chikungunya apresentam-se em três fases, onde em todas o indivíduo infectado apresenta dores nas articulações. Em casos de tratamentos não adequados, alguns dos sintomas podem persistir por até cinco anos.

A primeira fase da chikungunya dura em torno de três a dez dias, com sintomas como febre alta e dores nas articulações, principalmente mãos, punhos, tornozelos e joelhos. Mesmo em casos de tratamentos adequados, a fase subaguda, conhecida como segunda fase, pode durar até dois meses com a presença das dores e inchaços. Já a terceira, e última fase, é bastante variável e depende do tratamento utilizado e da resposta do organismo. Pode se não sentir nada após a primeira e/ou segunda fase, bem como sentir dores nas articulações por até cinco anos. Por isso é importante aderir ao tratamento recomendado e não praticar a automedicação.

Vale atentar para a informação acima. Em alguns indivíduos tem se observada a prática da automedicação, o que pode acabar resultando em uma cura apenas parcial da doença, com a possibilidade de uma recaída com sintomas bem mais intensos. Há também o risco das “injeções milagrosas”, indicadas em farmácias por profissionais não habilitados, as quais também podem oferecer não só risco ao paciente, como também uma cura incompleta, com a possibilidade de retorno da doença ou persistência dos sintomas por anos.

Ao observar qualquer um dos sintomas: febre, coceira, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo e articulações e/ou manchas vermelhas na pele, vá imediatamente a uma unidade de saúde. Caso já tenha sido diagnosticado e apresente dor abdominal ou vômito, retorne imediatamente à unidade de saúde. Obedeça e siga ao tratamento recomendado pelo médico e não pratique a automedicação.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar