Esportes

Diá não garante permanência no Campinense após discussão

dia-300x237 Diá não garante permanência no Campinense após discussão

A permanência de Francisco Diá à frente do Campinense até o fim do Campeonato Paraibano já não está mais garantida.

Neste domingo (15), três mensagens de áudio do treinador vazaram, as quais ele dispara contra o presidente William Simões, que o teria acusado de empresariar jogadores e forçá-los ao deixar o time cartola.

Em um dos áudios, Diá disse não ter mais condições psicológicas de continuar no Campinense após sofrer, segundo ele, uma tentativa de agressão.

Em contato rápido com a reportagem do Portal MaisPB, na tarde de hoje, Diá reforçou a indefinição sobre a sua permanência no rubro-negro.

‘’Ainda vou resolver, estou aguardando o presidente chegar para conversar. Ele está viajando’’, disse.

Sobre o vazamento dos áudios, Diá minimizou a repercussão do caso.

‘’Soltei um áudio para uma pessoa amiga num momento de desabafo que tive após uma discussão com o presidente. São situações constantes no futebol. Estava com a cabeça quente, mas está tudo resolvido’’, comentou.

Em meio à turbulência interna, o Campinense terá na próxima quinta-feira (19), no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro, o julgamento da ação impetrada pelo Treze, que pede a eliminação raposeira por supostas irregularidades com a nova Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte.

MaisPB
Maurílio Júnior

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar