DestaquesPolítica

Estado não paga transportes escolares e ônibus deixam de circular em Monteiro

timthumb-5-300x218 Estado não paga transportes escolares e ônibus deixam de circular em Monteiro

Por falta de pagamento do Governo do Estado, responsável pela circulação de 21 linhas de transportes escolares no município de Monteiro, os proprietários dos veículos que transportam os alunos da zona rural deixaram de circular na última quinta-feira, 3, prejudicando centenas de alunos.

No último dia 20 de abril, durante encontro no Ministério Público Estadual quando estiveram reunidos o representante do Governo do Estado, a prefeita Anna Lorena e a secretaria de Educação do município, Ana Lima para tratarem de outros assuntos pertinentes à educação, a questão dos transportes conveniados com o Estado foi ventilado e na oportunidade o representante estadual assegurou que os recursos seriam repassados ao município até o final de abril, o que não aconteceu.

Em virtude da não efetivação do pagamento, os condutores dos veículos decidiram pela paralisação dos veículos até que o pagamento seja efetivado.

A secretaria Ana Lima lamentou o descumprimento por parte do governo estadual e criticou a falta de planejamento, porque todos os anos estes fatos se repetem. Ela disse que manteve contato com o setor responsável pelo pagamento e a informação repassada é de que o processo que formaliza o convênio está na Procuradoria Geral do Estado para análise e não se têm uma data para a regularização deste pagamento.

Com a paralisação dos transportes conveniados pelo Governo do Estado os alunos estão utilizando os transportes escolares do município, superlotando os ônibus conhecidos por “amarelinhos”

Carri ligado.

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar