Mundo

EUA anunciam sanções contra o presidente sírio e seu entorno

assad1 EUA anunciam sanções contra o presidente sírio e seu entorno

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (17) uma campanha de pressão econômica e política contra o governo da Síria, com sanções para 39 indivíduos e entidades oficiais, incluindo o presidente Bashar al-Assad e sua esposa.

“A partir de hoje, as sanções previstas pela lei César entram em vigor. Qualquer um que faça negócios com o regime de Assad, em qualquer parte do mundo, está exposto a restrições de viagens e sanções financeiras”, afirma o secretário de Estado, Mike Pompeo, em um comunicado.

A “lei César” foi promulgada em dezembro pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. César é o pseudônimo de um ex-fotógrafo da polícia militar síria que desertou em 2013 e divulgou quase 55 mil imagens que ilustram a brutalidade e os abusos nas prisões sírias.

De acordo com o chefe da diplomacia americana, muitas pessoas e empresas apontadas nas sanções “desempenharam um papel chave na prevenção de uma solução política pacífica ao conflito”, enquanto outras “ajudaram e financiaram as atrocidades do regime de Assad” com o objetivo de “enriquecer”.

Entre estas pessoas estão vários integrantes da família do presidente sírio. Alguns já estavam em outras listas americanas, mas outros, como sua esposa esposa Asma al Assad, são punidos pela primeira vez por Washington.

G1

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar