Mundo

EUA investigam se coronavírus foi criado pela China, diz TV

coronavirus-599x400 EUA investigam se coronavírus foi criado pela China, diz TV

Oficiais da Inteligência e da Segurança Nacional dos Estados Unidos estão investigando se o novo coronavírus (Sars-CoV-2) foi criado em um laboratório da cidade chinesa de Wuhan e, acidentalmente tenha sido espalhado entre os moradores, informou a emissora norte-americana “CNN” nesta quarta-feira (15).

Segundo um documento obtido pela televisão, no entanto, além desta, estão sendo estudadas diversas possibilidades da origem do vírus e nenhum conclusão ainda foi obtida. De acordo com as fontes, os norte-americanos já desconsideraram a possibilidade de que o Sars-CoV-2 tenha sido criado como uma arma biológica.

A teoria foi impulsionada por apoiadores do presidente Donald Trump, que nos últimos dias voltou a atacar a China e a Organização Mundial da Saúde (OMS) por conta da pandemia mundial, e está entre as “teorias da conspiração” mais citadas também no Brasil e na Itália. Além disso, o fato da China divulgar pouquíssimas informações sobre a origem da pandemia também levanta suspeitas dos mais conspiracionistas.

Porém, a “CNN” ouviu uma fonte ligada à Casa Branca que ironizou a pesquisa, afirmando que “sempre que há uma epidemia, alguém propõe que o vírus ou outro patogênico tenha sido criado em laboratório”. Além dos estudos norte-americanos, uma série de pesquisas internacionais também tenta encontrar a origem e o porque da disseminação da Covid-19 tenha sido tão rápida. A mais aceita, no momento, é uma divulgada pela revista “Nature”, que indica que não há nenhuma evidência de que o vírus tenha sido criado de maneira artificial, já que apresenta “incontestavelmente” características de um vírus natural. (ANSA)

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar