Cidades

Ex-diretor de escola da UEPB é assassinado a tiros no Sertão; dupla é suspeita

16423936280003622710000-300x225 Ex-diretor de escola da UEPB é assassinado a tiros no Sertão; dupla é suspeita
O professor universitário Pedro Ferreira Neto, ex-diretor da Escola Agrotécnica do Cajueiro, do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (Campus IV da Universidade Estadual da Paraíba), foi assassinado a tiros na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão do estado, a 411 km de João Pessoa, na noite desta segunda-feira (16). Segundo as polícias Militar e Civil do município, uma dupla que trafegava em uma moto é suspeita pelo crime.
Conforme relataram os policiais, o professor conduzia uma motocicleta quando foi abordado pelos dois suspeitos no outro veículo, que efetuaram os disparos e fugiram sem ser identificados.
As possíveis motivações para o crime já eram apuradas pela Polícia Civil, que preferiu manter os dados em sigilo para que as investigações não fossem comprometidas. Até as 20h40 desta segunda-feira, os suspeitos não haviam sido localizados.
Pedro Ferreira Neto foi diretor da Escola Agrotécnica do Cajueiro em mais de uma oportunidade. Foram 34 anos dedicados à escola. A diretoria foi transmitida para Kelina Bernardo Silva no início de abril deste ano. Em um discurso de despedida, o professor fez um agradecimento emocionante a toda comunidade universitária e desejou boa sorte à nova gestão.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar