Brasil

FGTS: 1 milhão de pessoas já podem sacar dinheiro, mas ainda não apareceram

carteira-de-trabalho-salario-clt-emprego-fgts-trabalhador-1487002243046_615x300-300x146 FGTS: 1 milhão de pessoas já podem sacar dinheiro, mas ainda não apareceram

Pouco mais de 1 milhão de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro e com direito ao saque das contas inativas do FGTS ainda não apareceram para receber o dinheiro, informou o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, em visita a uma agência no centro de Maceió (AL).

A segunda fase de saques –para nascidos em março, abril e maio– começou neste sábado (8).

Até a noite de quinta-feira (6), 3,77 milhões de trabalhadores já haviam recebido o dinheiro. Ao todo, foram sacados R$ 6,1 bilhões dos R$ 6,9 bilhões disponíveis. Isso representa 88% do total.

Os saques seguem um calendário definido pelo banco, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. A ideia é evitar que todos busquem as agências da Caixa ao mesmo tempo. Os saques vão até 31 de julho.

Deixando para a última hora

Por que tanta gente ainda não apareceu para receber? Segundo o presidente da Caixa, muita gente não sabe que tem contas inativas do FGTS e alguns trabalhadores também devem estar deixando para sacar os recursos na reta final do prazo.

Quem poderia ter sacado o dinheiro, mas ainda não foi, pode fazer isso até 31 de julho.

Mesmo assim, Occhi diz que o valor já depositado na primeira etapa surpreendeu. “Estamos até acima da expectativa, que era na ordem 85%. Temos que lembrar que a pessoa pode continuar a vir e sacar até o dia 31 de julho, que é data limite da Medida Provisória”, disse.

Segundo o presidente, os saques começaram neste sábado sem registro de problemas pelo país. Ao todo, 2.100 agências abriram entre 9h e 15h. Além disso, todas as agências da Caixa abrirão mais cedo entre segunda (10) e quarta-feira (12).

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar