Mundo

Hacker é condenado por roubar e vazar fotos de famosas nuas

jenniferlawrencegettyimages-310x245-300x237 Hacker é condenado por roubar e vazar fotos de famosas nuas

Um homem de 36 anos foi condenado nos Estados Unidos a 18 meses de prisão por envolvimento no vazamento de fotos de famosas nuas como a atriz Jennifer Lawrence e a modelo Kate Upton.

De acordo com a sentença, Ryan Collins, nascido na Pensilvânia, acessou ilegalmente mais de 100 contas pessoais da Apple e Google, incluindo de algumas celebridades do show business, segundo informou nessa quinta-feira a Promotoria americana.

Entre novembro de 2012 e setembro de 2014, Collins enviou e-mails para suas vítimas em potenciais sob o disfarce de um representante da Apple e Google, fazendo com que lhe fornecessem seus nomes de usuário e senhas.

Com as respostas, ele acessou ilegalmente as contas e roubou informações pessoais, incluindo imagens e vídeos privados que mais tarde foram veiculados na internet.

Os investigadores identificaram mais de 600 vítimas de Collins, muitas das quais pertenciam a indústria do entretenimento de Los Angeles.

O vazamento em massa de fotografias nuas e privadas de celebridades foi conhecido como o “celebgate” e afetou, a partir de agosto de 2014, entre outras, Jennifer Lawrence, Ariana Grande, Kate Upton, Kim Kardashian, Rihanna, Scarlett Johansson, Mary Elizabeth Winstead e Kirsten Dunst.

No mês de maio, Collins já se tinha declarado culpado das acusações.

EFE

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar