Mundo

Mãe é presa por se recusar a vacinar o filho

Vacina-1-300x156-300x156 Mãe é presa por se recusar a vacinar o filho

Uma mãe foi condenada nessa quarta-feira (4) a sete dias de prisão por desobedecer a uma decisão judicial e se negar a vacinar o filho de nove anos. O caso aconteceu no Michigan, nos Estados Unidos.

No Estado americano, os pais são autorizados a decidirem sobre a vacinação dos filhos. Contudo, Rebecca Bredow desobedeceu um acordo feito na Justiça com o ex-marido.

Segundo o “Extra”, quando o filho nasceu, o casal decidiu que iriam espaçar a vacinação da criança. Mas quando se separaram, em 2008, a guarda foi compartilhada e a mãe decidiu que não daria mais as vacinas.

Inicialmente, a mulher tinha concordado com o pai do menino perante o tribunal que a criança seria imunizada, mas acabou não cumprindo a determinação.

Após a prisão, o homem conseguiu uma liminar para vacinar o filho. Apesar da mãe ser a cuidadora primária, segundo a juíza de Oakland, Karen McDonald, o pai ficaria com a “palavra final” nesse caso.

Rebecca contou em audiência que é membro do movimento anti-vacina e que vacinar o filho vai “contra as crenças” dela. “Eu prefiro fica atrás das grades por algo que acredito do que fazer algo que não acredito de forma alguma”, disse.

Notícias ao Minuto

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar