CidadesDestaques

Mais um caso de violência contra a mulher é registrado em Monteiro

Violência_contra_Mulher2-300x196 Mais um caso de violência contra a mulher é registrado em Monteiro

A cada dois minutos cinco mulheres são vítimas de espancamento, esses são dados divulgados no Dossiê da violência contra a mulher. Os números são alarmantes e os tipos de violência são diversos.

Monteiro, terça-feira, 3 de fevereiro de 2016, mais uma mulher é agredida por seu companheiro. A vítima, com iniciais A.C.V, de 28 anos e residente da Rua Rodolfo Simões foi agredida com vários socos nas costas e na cabeça, o agressor ainda bateu a cabeça dela no chão.

O crime foi realizado por um jovem de apenas 22 anos e com iniciais F.F.L. O mesmo relatou a polícia que agrediu a sua companheira com três socos. O motivo do espancamento não foi revelado.

A violência sofrida pela mulher é geralmente cometida por pessoas do seu convívio. Dados divulgados pela Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), constatou que em 67,36% dos relatos, as violências foram cometidas por homens com quem as vítimas tinham ou já tiveram algum vínculo afetivo: companheiros, cônjuges, namorados ou amantes, ex-companheiros, ex-cônjuges, ex-namorados ou ex-amantes das vítimas. Já em cerca de 27% dos casos, o agressor era um familiar, amigo, vizinho ou conhecido.

O Agressor e a vítima foram encaminhados para a Delegacia de Monteiro para serem realizados os procedimentos cabíveis.

De Olho no Cariri

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar