Política

Maranhão coloca MDB de volta à pista

Zé-Maranhão-1-1-310x245-300x237 Maranhão coloca MDB de volta à pista

De 2018 para cá, o MDB da Paraíba – outrora homogêneo – passou por um grave processo de desidratação. Só ficaram o senador José Maranhão, o sobrinho Benjamin e a família Paulino. As demais lideranças que robusteciam a legenda se espalharam noutras siglas.

Para este 2020, Maranhão dá passos e sinais de quem quer resgatar aquele que já foi o maior partido da Paraíba.

Nas últimas horas, voltou a marcar presença da agremiação em Sousa, com o ex-prefeito André Gadelha, e surpreendeu entregando o diretório de Patos ao prefeito afastado Dinaldo Filho (ex-PSDB), principal adversário da família Motta, por quem o MDB fora comandado na cidade por décadas.

Antes, o senador atraiu para os quadros o radialista Nilvan Ferreira, pré-candidato a prefeito de João Pessoa. Se quiser, e ao que tudo indica, participará do pleito na maior cidade do Estado com razoáveis chances. E terá também candidato em Campina Grande. Aliás, candidata.

Na reta final das filiações, Maranhão bota o MDB de volta no circuito.

HERON CID

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar