Esportes

Mayweather derrota McGregor e mantém registo imaculado

1156569 Mayweather derrota McGregor e mantém registo imaculado

Então olá e adeus. Floyd Mayweather reapareceu num ringue, no sábado à noite, em Las Vegas e despediu-se coberto de glória – como as más línguas diziam que teria de acontecer – derrotando o lutador de artes marciais mistas (MMA) Conor McGregor ao 10.º assalto.

Mayweather nunca tinha perdido um combate, um registo limpo de 49 vitórias e zero derrotas. E segundo a Reuters, foi “impiedoso” para o adversário, que se estreou nos ringues desta modalidade. “Este foi o meu último combate. De certeza”, disse no final, o norte-americano, que mantém uma folha de registo imaculada, 50-0, ultrapassando outra lenda da modalidade, Rocky Marciano, que terminou a carreira com um registo de 49-0

A partir da quarta ronda, tornou-se evidente que o combate poderia ficar para a história como o mais rentável de sempre, mas nunca como um grande contributo desportivo para a modalidade. Isto porque Mayweather, de 40 anos, “dissecou” o irlandês, de 29 e sem experiência no boxe, nos primeiros minutos e rapidamente passou a dominar o combate. “Este foi o meu último combate”, insistiu o vencedor, que terá embolsado cerca de 100 milhões de dólares só por participar no combate e fora todas as outras receitas. “Escolhi o parceiro certo para dançar esta noite”, ironizou ainda. “Uma vitória é uma vitória e não interessa como a obténs. O Rocky Marciano é uma lenda e eu tenho esperança de entrar um dia no corredor da fama”, acrescentou.

Valeu a pena a azáfama mediática em torno deste combate que, de tão heterodoxo, chegou a ser comparado com um desafio de trompete entre Miles Davis e Jimmy Hendrix? A pergunta é da BBC. “Aqueles que viram este combate podem afirmar que testemunharam história”, afirma o especialista em boxe deste canal britânico, Luke Reddy, a partir de Las Vegas, onde o confronto teve lugar, perante uma audiência ao vivo de pouco mais de 14 mil pessoas na Las Vegas T-Mobile A

“Os críticos deste desafio rapidamente apontarão para a facilidade com que Mayweather” demonstrou que este combate era um erro de casting, comenta ainda o especialista da BBC.

Tanto Mayweather como McGregor – que até há quatro anos, antes de começar a competir no UFC, tinha como único rendimento os 188 euros que recebia da segurança social – vão encaixar alguns milhões de dólares após o combate desta madrugada. Os contratos têm cláusulas de confidencialidade, mas as estimativas apontam para que cada um receba um valor na ordem dos 100 milhões de dólares (84 milhões de euros) só por participar. Isto sem contar com o que vão encaixar em patrocínios, merchandising e percentagem das receitas televisivas e de bilheteira.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar