Mundo

Morre Julio Anguita, histórico líder espanhol da Esquerda Unida

ESQUERDA Morre Julio Anguita, histórico líder espanhol da Esquerda Unida

O político espanhol Julio Anguita, ex-coordenador-geral da Esquerda Unida (IU), faleceu neste sábado (16), aos 78 anos, em um hospital em Córdoba (sul), onde foi internado por vários dias após sofrer uma parada cardíaca.

“Recebemos as piores notícias. O camarada e professor Julio Anguita nos deixou aos 78 anos”, anunciou o partido de esquerda no Twitter.

O líder histórico era “um político honrado, uma mente brilhante, uma referência absoluta para a esquerda” da Espanha, elogiou a sigla.

O atual coordenador do partido e ministro de Assuntos do Consumidor, Alberto Garzón, também lamentou a morte do político.

“Ainda estou chorando e não sei quando vou parar. Perdemos o máximo. Nosso amigo, nosso camarada. Sentiremos muita falta de você. Você tem sido e será a inspiração de muitos”, tuitou.

Anguita já teve outros ataques cardíacos. O primeiro foi em 28 de maio de 1993, quando ele foi imerso, como candidato à presidência do governo, no meio da campanha eleitoral. Cinco anos depois, em 17 de agosto de 1998, sofreu outro infarto, embora tenha deixado o hospital três dias depois.

Anguita foi eleito o primeiro prefeito da democracia de Córdoba em 1979 e ocupou o cargo até 1986, quando foi candidato da IU à Junta da Andaluzia.

Em 1989, foi eleito coordenador-geral de seu partido e obteve um assento no Congresso. Em 1999, deixou a política, depois de entregar o cargo de secretário do partido a Francisco Frutos.

TERRA

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar