BrasilDestaques

Mulheres indígenas produzem vinho de mandioca em Santarém (PA)

47511424352_5d0aafc42e_z-584x390 Mulheres indígenas produzem vinho de mandioca em Santarém (PA)

O Brasil Rural desta quarta-feira (31) conversou com Raquel Souza Chaves, bióloga da etnia Tupinambá, sobre uma novidade no mercado de Santarém: um vinho feito com mandioca.

Produzida por mulheres indígenas, a bebida passa por um processo de fermentação diferente da cachaça de mandioca, que é destilada. Segundo Raquel, a partir do conhecimento tradicional das comunidades indígenas, foi feita a experiência de isolar os microrganismo dos vinhos para fermentar a massa da mandioca depois do processo de desintoxicação.

“A gente usa esse grupo de microrganismos para fermentar pelo mesmo processo da produção de vinho, que se dá com a uva e também com outras frutas”, explicou.

Segundo ela, o vinho é vendido de forma artesanal no mercado em Santarém e possui teor alcóolico de no máximo 9%.

Sobre o projeto da produção da bebida por mulheres indígenas, Raquel contou que a iniciativa agrega o conhecimento tradicional com a necessidade das mulheres conseguirem ter uma renda econômica.

O projeto visa o empoderamento das mulheres indígenas, mas com foco principal na valorização do modo de vida, da qualidade de vida das mulheres e da família como um todo”, afirmou.

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar