Paraíba

Núcleo de Educação Permanente realiza palestra para equipe da Atenção Básica Municipal

NEP-1024x576 Núcleo de Educação Permanente realiza palestra para equipe da Atenção Básica Municipal

Núcleo de Educação Permanente realiza palestra para equipe da Atenção Básica Municipal
O Núcleo de Educação Permanente da Atenção Básica da Prefeitura de Monteiro ofereceu nesta semana aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Endemias (ACE) um seminário sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), Saúde da Mulher e sexualidade. O encontro ocorreu no Teatro Jansen Filho.
O evento planejado pela Secretaria de Saúde tem o intuito de informar e reciclar os funcionários da rede municipal para que todos os atendimentos sejam feitos em alto padrão para toda a população de Monteiro, tendo em vista que todos os agentes participaram e estes lidam diretamente com os usuários do serviço municipal de saúde.
As equipes da atenção básica receberam do professor, Mestre Irineu Reis, da UFPE a palestra sobre Infecções sexualmente transmissíveis, com objetivo de garantir o suporte necessário para as ações de prevenção e a excelência na prática clínica dos profissionais de saúde em todos os níveis de atenção de apoio e dos vínculos com a comunidade para a prevenção.
“Nossa proposta de trazer o conceituado mestre é de que as equipes estejam treinadas e possam trabalhar com dedicação na conscientização junto a população sobre a importância da prevenção”, disse Viviane Ferreira, secretária executiva de Saúde do município de Monteiro.
Sobre IST
A terminologia Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) passou a ser adotada em substituição à expressão Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST). Nesse contexto, alerta-se a população sobre a possibilidade de ter e transmitir uma infecção, mesmo sem sinais e sintomas, o que aponta para estratégias de atenção integral, eficaz e resolutiva.
As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos.
São transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina com uma pessoa que esteja infectada. A transmissão de uma IST pode acontecer, ainda, da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação.
O tratamento das pessoas com IST melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções. O atendimento e o tratamento são gratuitos nos serviços de saúde do SUS.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar