Esportes

Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10

5c338f1186f1b-380x380 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10

Anunciado pelo Milan na sexta-feira, Paquetá se tornou o segundo brasileiro mais caro da história do futebol italiano. Revelado pelo Flamengo, ele foi negociado por 35 milhões de euros (R$ 149 milhões).
O brasileiro mais caro da história do futebol italiano, de acordo com dados do “Transfermarkt”, também foi contratado nesta temporada: Douglas Costa, pela Juventus.

OS BRASILEIROS MAIS CAROS DO FUTEBOL ITALIANO
1º – Douglas Costa
A Juventus, nesta temporada, exerceu a cláusula de compra, junto ao Bayern de Munique, e pagou 40 milhões de euros (R$ 170 milhões, na cotação atual) para ficar com Douglas Costa em definitivo – ele havia sido emprestado para o clube anteriormente.

5b5751e5df8b6 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Divulgação/Juventus)

2º – Paquetá
Cria do Flamengo, o versátil meia de 21 anos chamou atenção ao longo de 2018. Paquetá, que também pode atuar no ataque, foi contratado pelo Milan por 35 milhões de euros (R$ 149 milhões, na cotação atual).

5c03eb5b38b2e Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

3º – Gabriel Barbosa
Artilheiro do último Brasileiro, Gabigol foi contratado pela Inter de Milão, na temporada 2016/2017, por 29,5 milhões de euros (R$ 126 milhões, na cotação atual), após ser revelado pelo Santos.

597a041f45a51 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Divulgação / Site Oficial da Inter de Milão)

4º – Amoroso
Para tirar o atacante brasileiro da Udinese, na temporada 1999/2000, o Parma pagou 28 milhões de euros (R$ 119 milhões, na cotação atual).

595548e9ab7d8 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Reprodução)

4º – Ronaldo
A Inter de Milão foi buscar o Fenômeno na temporada 1997/1998. Ronaldo trocou o Barcelona pelo futebol italiano. O valor da transação foi de 28 milhões de euros (R$ 119 milhões, na cotação atual).

5ae468e2d84a1 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Reprodução de internet)

4º – Emerson
O volante trocou a Roma pela Juventus na temporada 2004/2005. A negociação foi de 28 milhões de euros (R$ 119 milhões, na cotação atual).

56d4fdc75fc45 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
Emerson Roma (Foto: Franco Debernardi/ AP Photo )

7º – Diego
O meia desembarcou na Itália na temporada 2009/2010. A Juventus tirou Diego do Werder Bremen por 27 milhões de euros (R$ 115 milhões, na cotação atual).

57c4b3283837c Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: ETTORE FERRARI)

8º – Alex Sandro
A Juventus buscou o lateral-esquerdo no Porto na temporada 2015/2016. Alex Sandro custou 26 milhões de euros (R$ 111 milhões, na cotação atual).

5c1bbb4f83c1c Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: Divulgação)

8º – Felipe Melo
Campeão brasileiro pelo Palmeiras, o volante está na lista dos mais caros do país na Itália. Felipe Melo trocou a Fiorentina pela Juventus na temporada 2009/2010. A negociação foi de 25 milhões de euros (R$ 106 milhões, na cotação atual).

585d85a26fbbf Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
(Foto: TONINO DI MARCO/EFE)

10º – Ronaldinho Gaúcho
Depois de brilhar com a camisa do Barcelona, o craque brasileiro desembarcou na Itália para defender o Milan. Ronaldinho foi contratado por 24,15 milhões de euros (R$ 103 milhões, na cotação atual).

56f02d5b03859 Paquetá se torna o 2º brasileiro mais caro do futebol italiano: veja o Top 10
Arquivo LANCE
Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar