DestaquesParaíba

Polícia identifica Agricultor suspeito de provocar queimadas na zona em Monteiro

IMG-20191211-WA0138-533x400 Polícia identifica Agricultor suspeito de provocar queimadas na zona em MonteiroA Polícia Civil de monteiro identificou um suspeito de provocar queimadas em uma área rural de floresta nativa no município de Monteiro no Cariri Paraibano.

A reportagem do portal OPIPOCO, teve acesso exclusivo ao depoimento da testemunha que viu o acusado colocando fogo em uma propriedade no sítio Tigre dos Torre, confira na integra:

Em depoimento a testemunha disse na 14ª Delegacia Seccional da Polícia Civil de Monteiro que é agricultor e possui uma propriedade no sítio tigre dos Torres, nas proximidades da estrada  e que na última segunda,  feira, 09/12/219, por voltas das 15h30, a pessoa de I,  conhecido por N. de M.  I, passou por sua propriedade e pediu que o declarante lhe desse uma carona para casa, no sítio  pinheiro, Zona rural, Camalaú -PB, na proximidade do colégio municipal fechado, que o declarante pediu que suspeito esperasse de 20 a 30 minutos pois o mesmo iria terminar os seus afazeres da sua propriedade para poder deixá-lo, o suspeito disse que não ia esperar e seguiu a pé pela estrada sentido a comunidade do Uruçu, zona rural Monteiro. depois de uns 15 minutos, já aproximadamente 100 metros da sua propriedade, notou uma fumaça muito grande pra direção que o suspeito saiu, de imediato  pediu para que a sua esposa  ligasse para o primo do declarante, para que viesse ajudar a apagar o incêndio que enquanto a sua esposa ligava o declarante percebeu outro foco de fogo há aproximadamente 200 metros do primeiro foco de incêndio, foi quando pegou a sua motocicleta que quando saiu percebeu um terceiro foco de incêndio nas proximidades do segundo, que distante um quilômetro do primeiro foco de incêndio e o declarante afirma que viu a pessoa suspeita que estava abaixado na beira da estrada ateando fogo com um isqueiro que no momento disse “N. deixe de ser amaldiçoado, porque tu fez um serviço desse” Que I negou e disse que não era ele que estava colocando fogo nos matos que I seguiu a pé sentido Uruçu e o  declarante voltou para tentar apagar o fogo com o auxílio de outros moradores da região.

OPIPOCO

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo