Policial

Polícia investiga mãe que teria expulsado crianças de casa

Polícia-Civil-investiga-o-caso-700x342 Polícia investiga mãe que teria expulsado crianças de casaA Polícia Civil de Patos, Sertão do estado, está apurando denúncias de que uma mulher teria expulsado de casa as três filhas, de cinco, oito e nove anos de idade. A situação foi apontada por vizinhos, que disseram ter ouvido a mulher dizer as crianças que as mandaria embora.

“Passou um tempo e as meninas saíram com três bolsinhas, sozinhas”, contou uma das testemunhas, ao portal. De acordo com o relato, passava das 22h quando tudo aconteceu.

A conselheira tutelar responsável pelo caso, Severina Felipe, falou que é prematuro afirmar que a mãe expulsou as crianças de casa, mas falou que não há dúvidas que ela tenha sido negligente ao deixar as filhas saírem desacompanhadas em horário tão avançado.

“Ficamos sabendo do caso através de denúncia e nos dirigimos até a casa, inclusive a Polícia Militar já estava no local. A polícia levou a mãe para a delegacia e a gente levou as crianças. Elas foram entregues às tias e ao pai, que irão ficar com as crianças até que sejam tomadas as providências”, informou a conselheira tutelar Severina Felipe.

A mãe das crianças alega que não expulsou as filhas de casa. À TV Correio, ela disse que mandou as crianças irem para casa da avó paterna. A relação da mulher com o ex-companheiro é conturbada e ele já teria chegado a solicitar a guarda das crianças.

De acordo com delegado George Wellington, como há contradições entre as declarações, o caso segue em investigação até que se decida se a mãe das meninas será ou não indiciada.

PORTAL CORREIO

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar