Policial

Polícia marca coletiva para esclarecer detalhes sobre morte de oficial da PM no dia do ataque ao PB1

Moneta-Erivaldo-Moneta-da-Silva-300x158 Polícia marca coletiva para esclarecer detalhes sobre morte de oficial da PM no dia do ataque ao PB1A Polícia Civil da Paraíba marcou para esta sexta-feira (26) uma coletiva de imprensa com a intenção de esclarecer detalhes sobre a morte do tenente da Polícia Militar Erivaldo Moneta da Silva, de 34 anos, que foi assassinado a tiros no último dia 10 de setembro, próximo à Academia de Polícia Civil, no bairro de Jacarapé, em João Pessoa. A coletiva ocorrerá na Central de Polícia, no Geisel, às 16h30.

Leia Também:   VEJA VÍDEO: Presidente da Câmara de Mamanguape dirige alcoolizado, bate em carros e é detido pela PM

O dia do assassinato foi o mesmo em que ocorreu um ataque armado à Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes – PB1, em Jacarapé, e 92 presos fugiram do local. Moneta estava realizando investigações sobre a localização dos foragidos.

Os laudos relativos à necrópsia, cena de crime, exames de balística, análise de imagens e danos patrimoniais sobre os disparos que causaram a morte do agora capitão já foram concluídos e entregues ao delegado Reynaldo Nóbrega. Ele é o titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCP) e é quem vai dar os últimos detalhes sobre a investigação do caso.

O corpo de Erivaldo Moneta foi sepultado em Recife, sua cidade natal. Ele havia ingressado há 6 anos na PM. No dia 4 de outubro, o Diário Oficial do Estado publicou o Ato Governamental nº 3.150, promovendo o militar de tenente a capitão. O documento foi assinado pelo governador Ricardo Coutinho e afirma que ele morreu em serviço.


Fonte: T5

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar