CidadesDestaques

População monteirense prestigia Festival de Violeiros e supera expectativas dos organizadores

DSC_0753 População monteirense prestigia Festival de Violeiros e supera expectativas dos organizadores

A noite desta sexta-feira, 24, foi marcada por muitas homenagens e risadas. Tendo sua abertura às 21h, com o cenário de uma antiga “bodega”, sendo um grande atrativo que transportou a todos para os tempos antigos, o III Festival de Violeiros de Monteiro homenageou seu ícone mais popular da poesia, cantoria e repente, o Pinto de Monteiro.
A Praça João Pessoa foi o palco dos talentos que sempre impressionam com seu rápido raciocínio na composição de seus versos. Quanto ao público, este foi um show à parte, compareceram centenas de pessoas fazendo com que o local ficasse quase sem espaço deixando organizadores e a população em geral fascinadas, superando as expectativas dos anos anteriores e deste. Dente as pessoas da platéia estavam presentes a família do homenageado; o deputado estadual João Henrique, vereadores, secretários e a prefeita, Anna Lorena, que abriu oficialmente o Festival de Violeiros.
Ao falar para os presentes, a prefeita Anna Lorena destacou a importância de Pinto do Monteiro para a cultura local e reafirmou o compromisso de continuar investido neste importante setor. “Neste momento em que saudamos a todos os participantes deste Festival, reafirmamos o nosso compromisso de continuar valorizando a cultura nos seus mais diversos aspectos, para o resgate de nossas raízes, fortalecendo as nossas tradições”, disse Anna Lorena.
A primeira apresentação da noite ficou sob a responsabilidade do consagrado Oliveira de Panelas, seguido dos repentistas Zé Jabitacá e Renê Cavalcante; Edvaldo Zuzu e Ivanildo Vila Nova; Evaldo Filho e Xexéu da Paraíba; Rogério Menezes e Zé Galdino e Biu Dionísio e Raimundo Caetano, mostrando ao público monteirense o que há de melhor no talento e na arte do improviso. Ainda houveram participações especiais de poetas que estavam no grande público, a exemplo de João Badalo e Clóvis Ferreira. A apresentação do Festival ficou por conta do poeta Carlinhos da Prata e o Beato Vicente.
Após o Festival, a prefeita Anna Lorena em entrevista contou sobre a sua satisfação dizendo: “Ainda estou encantada com tudo, desde a organização passando pelos artistas e claro, com o público que compareceu massivamente. Vi pessoas de todas as idades prestigiando o evento, esta é a certeza que nos deixa, que nossa cultura é forte e linda. Boas atrações com certeza sempre trarão recorde de público à nossa Praça. Deixo aqui meus parabéns a todos os envolvidos no projeto”.
Para a Secretária de Cultura, Christianne Leal, o III Festival de Violeiros mostra que sempre valerá à pena investir no que há de melhor na nossa terra. “Pinto de Monteiro nos deixou um legado imensurável, temos sempre que lembrá-lo para que as futuras gerações conheçam o que é uma cantoria e a beleza da poesia e nunca esqueçam a ‘Cascavél do Repente’, o nosso glorioso Pinto de Monteiro”.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo