DestaquesPolítica

Prefeito de Prata gasta mais de 15 milhões e fecha 2017 com rombo nas contas públicas

juniorr2-300x218 Prefeito de Prata gasta mais de 15 milhões e fecha 2017 com rombo nas contas públicas

O rombo deixado nas contas pelo prefeito Junior Nóbrega em 2017 supera a marca dos R$ 4 milhões de reais no município de Prata, no Cariri

Mesmo em ano de “Crise Financeira” os prefeitos da região do Cariri não economizaram na hora de gastar o dinheiro público dos municípios.

Alguns gestores optaram por demitir servidores contratados alegando crise financeira, outros foram além em um “ato heroico” reduziram os próprios salários. O prefeito da cidade de Prata, no Cariri, Antônio Costa Nóbrega Junior (PMDB) empenhou de Janeiro a Novembro de 2017 um total de R$: 15.910.908,60 (quinze milhões novecentos e dez mil novecentos e oito reais e sessenta centavos) de acordo com os dados disponíveis no SAGRES.

O prefeito conseguiu pagar apenas R$: 11.529.201,41 (onze milhões quinhentos e vinte e nove mil duzentos e um reais e quarenta e um centavos) deixando um rombo nas contas publicas de R$: 4.381.707,19 (quatro milhões trezentos e oitenta e um mil setecentos e sete reais e dezenove centavos).

De acordo com o ultimo IBGE a cidade tem 3.854 habitantes um numero bem relativo se comparado aos valores empenhados pela atual gestão. Os dados estão disponíveis no portal da Transparência do TCE o SAGRES ONLINE e pode ser consultado em detalhes os valores gastos. Para acessar click aqui

 Portal TV Cariri

gastos-na-cidade-de-prata-prefeito-junior-nobrega Prefeito de Prata gasta mais de 15 milhões e fecha 2017 com rombo nas contas públicas

 

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar