Política

Prefeito de Taperoá demite numa canetada só servidores comissionados e contratados

taperoa-1 Prefeito de Taperoá demite numa canetada só servidores comissionados e contratadosEm meio à pandemia do Coronavírus e a crise financeira que assola o país, o prefeito em exercício da cidade de Taperoá, Júnior de Preto (PDT), determinou na tarde desta sexta-feira (24) a exoneração de todos os ocupantes dos cargos comissionados, direção, coordenação, chefia e assessoramento, além de ocupantes que exercem funções gratificadas.

Em uma canetada só, o gestor taperoaense determinou ainda a rescisão dos que foram contratados temporariamente.

Informações dos bastidores da política de Taperoá dão conta de que o motivo da demissão seria uma retaliação ao ex-prefeito Jurandi Gouveia, que recentemente foi afastado do cargo, e não apóia sua pré-candidatura a prefeito nas eleições deste ano.

Uma fonte ouvida por nossa reportagem afirma ainda que o prefeito Júnior de Preto estaria inteiramente decidido a formar a sua equipe de gestão e deverá reunir nos próximos dias alguns dos vereadores e lideranças que ficaram ao seu lado para formarem um grupo de comissionados alinhado com seu projeto político.

O outro lado

Após grande repercussão do ato em toda a cidade, na manhã deste sábado (25), o prefeito Júnior de Preto emitiu uma nota de esclarecimento quanto as demissões dos servidores comissionados da prefeitura.

O gestor afirma que não demitiu servidores que estão na linha de frente do combate ao Covid-19, nem dos serviços essenciais. Júnior alegou queda nas receitas da Prefeitura e o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal para as demissões.

CONFIRA A NOTA:

No último dia 23/04 em um ato único e impessoal, tivemos a necessidade administrativa de dispensar dos serviços os servidores em Comissão do município, fomos alertados pelos órgãos de controle, sobre ter ultrapassado o limite fiscal de gastos com pessoal, sendo este um Crime de Responsabilidade Fiscal, além da diminuição da receita, devido à crise da pandemia do COVID -19 que enfrentamos no momento.

Salientamos que os contratos essenciais ao bom funcionamento da Gestão, foram mantidos todos sem exceção, em especial os da saúde em virtude do momento de crise que estamos vivenciando, informamos ainda a nossa população, que nenhum serviço público será afetado, tendo em vista que os cargos comissionados necessários ao andamento dos trabalhos serão responsavelmente readmitidos.

Sabemos da dureza da decisão por hora necessária, informamos que asseguramos com a permissão de Deus, o pagamento na próxima quinta-feira 30/04/2020 de todos os servidores efetivos, contratados e comissionados referente ao mês de abril, garantido um direito que lhes assiste.

Reafirmamos que esta difícil decisão foi administrativa, e infelizmente necessária ao andamento da Gestão em curso. Deus no Controle, hoje e sempre.

Grato pela atenção de todos.

De Olho no Cariri

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar