Mundo

Prefeito italiano afirma que partida de futebol serviu como ‘bomba biológica’ para disseminar coronavírus pela Itália

futebol-601x400 Prefeito italiano afirma que partida de futebol serviu como ‘bomba biológica’ para disseminar coronavírus pela Itália

A região de Lombardia é uma das mais afetadas na Itália, país que atualmente é considerado o epicentro da pandemia de coronavírus no mundo. Segundo o prefeito da cidade de Bérgamo, Giorgio Gori, afirmou durante uma entrevista que uma partida de futebol disputada entre Atalanta e Valencia funcionou como uma “bomba biológica” para o surto de coronavírus na Europa.

Disputada no dia 19 de fevereiro a partida levou mais de 40 mil torcedores ao estádio San Siro na cidade de Milão, que fica na Lombardia assim como Bérgamo. O prefeito analisou como a partida facilitou a disseminação da doença, “Neste momento não sabíamos o que acontecia. O primeiro paciente na Itália foi no dia 23 de fevereiro. Se o vírus circulava, os 40 mil torcedores que foram ao estádio do San Siro se contagiaram. Ninguém conhecia que o vírus já circulava entre nós. Muitos viram a partida em grupos e houve muitos contatos nesta noite. O vírus passou de um a outro”.

O prefeito fez questão reforçar que a partida não foi o ponto de partida do coronavírus na Itália, a disseminação do vírus no país se iniciou nos hospitais do país por conta de pacientes que apresentavam uma pneumonia cuja origem não era identificada.

G!

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar