CidadesDestaques

Projeto Novembro Musical Ano II em Monteiro

23130728_1555732484519813_6067791322490379284_n Projeto Novembro Musical Ano II em Monteiro

Será realizado neste mês de novembro na cidade de Monteiro-PB, o projeto “Novembro Musical” idealizado por estudantes do Curso de Instrumento Musical do IFPB campus Monteiro. O evento será realizado no período da noite (19h) nos dias 05, 06, e 07 de novembro de 2017. Teremos a realização de concertos e palestras com diversos grupos convidados, que acontecerão no Teatro Jansen Filho e no IFPB Campus Monteiro. Além dos concertos noturnos, iremos realizar concertos didáticos na Escola Estadual José Leite de Souza no dia 06 de novembro e no IFPB Campus Monteiro no dia 07, ambos às 14h. Este projeto tem como objetivo realizar intercâmbios com diversos grupos musicais tanto da região do cariri paraibano quanto de outras localidades. Como também, buscamos comemorar as festividades referentes ao mês dos músicos, que se comemora exatamente no dia 22 de Novembro, dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos.

Este projeto é realizado pelo IFPB Campus Monteiro, idealizado pelas estudantes Maria Eduarda e Eduarda Costa, coordenado pelo professor Marlon Barros, além do apoio da Pró-Reitora de Extensão e Cultura do IFPB.

PROGRAMAÇÃO MUSICAL

DIA 5 DE NOVEMBRO (DOMINGO) – TEATRO JANSEN FILHO ÀS 19h

  • Big Band Rubacão Jazz (UFPB João Pessoa-PB)
  • Filarmônica M. Sebastião Oliveira (Monteiro-PB)

 

DIA 6 DE NOVEMBRO (SEGUNDA-FEIRA) – TEATRO JANSEN FILHO  ÀS 19h

  • Orquestra Experimental (IFPB-Monteiro)
  • Grupos Musicais do Curso Subsequente em Instrumento Musical (IFPB-Monteiro)

 

DIA 7 DE NOVEMBRO (TERÇA-FEIRA) – IFPB CAMPUS MONTEIRO ÀS 19h

  • Fabrício Ferreira (UFRN/TMSC)
  • Banda Bê (IFPB-Cajazeiras)
  • Quinteto no Choro (Monteiro-PB)

 

MÚSICA NAS ESCOLAS

  • ESCOLA ESTADUAL JOSÉ LEITE DE SOUZA – 06/11 ÀS 14h – Apresentações Musicais e Palestras

 *IFPB CAMPUS MONTEIRO – 07/11 ÀS 14h – Apresentações Musicais e Palestras

PROFESSORES E GRUPOS CONVIDADOS

BIG BAND RUBACÃO JAZZ: É uma big band com formação de origem norteamericana, composta por saxofones, trombones, trompetes, guitarra, baixo, piano, bateria e percussão. Foi criada em 2013 pelo Dr. Alexandre Magno (professor do Departamento de Música da UFPB) como projeto de extensão da UFPB. O grupo é formado por alunos (as), ex-alunos (as) dos cursos de música (Licenciatura e Bacharelado), técnico administrativo da UFPB, Professores da UFPB e Profissionais locais, tendo em média 25 integrantes (banda completa). Em seu repertório, busca incluir os mais diversos gêneros musicais, entre ritmos brasileiros característicos de nossa cultura (bossa nova, baião, frevo, maracatu, entre outros), como também, o jazz, a música latina, etc. Além do fazer musical e participação em projetos de pesquisa, seus integrantes tem oferecido máster classes e oficinas com intuito de compartilhar conhecimentos em locais onde o acesso a esse segmento musical é mais restrito. Recentemente, concluiu a gravação de seu primeiro CD, um registro em áudio do trabalho realizado pelo grupo no qual o público poderá ter acesso em breve.

ALEXANDRE MAGNO: Doutor pela Universidade do Kentucky, Mestre Pela Universidade de Iowa, e Bacharel pela Universidade Federal da Paraíba. Todos os cursos focando a performance musical ao trombone baixo. Alexandre Ferreira foi Professor de Trombone da Escola de Música da UFG, GO entre os anos de 2000 a 2012. Lá, fundou no Ano de 2000 a Banda Pequi uma orquestra de Música Popular e teve como base as suas experiências em Big Band no Brasil e Estados Unidos. Atualmente Alexandre é professor de trombone da Universidade Federal da Paraíba em João Pessoa e desenvolve pesquisa na área de recuperação de músicos de metais com Distonia Focal ou outras limitações relacionados à embocadura. Na segunda área de pesquisa, Alexandre é professor do PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO, COMUNICAÇÃO E ARTES da UFPB. Em ambas atuações, seus colegas de pesquisa e alunos atendem ao " Grupo de Pesquisa em Performance E Pedagogia do Trombone " que foi fundado em 2015. Como performer foi fundador do Quarteto de Trombones da Paraíba, trombonista baixo da Banda Sinfônica da Cidade do Recife, PB Jazz, University of Kentucky Symphony Orchestra, e Trombonista Baixo da University of Kentucky Jazz Ensemble, do Lex4, quarteto de trombones formados por professores das seguintes Universidades: UKY, Georgia State University, e EKU. Como instrumentista é trombonista baixo da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba, trombonista do Sexteto BRASSIL e da Camerata Shofar. Alexandre também desenvolve atividades na área de tecnologia musical, como técnico em áudio, software livre de gravação, edição de partituras (FINALE, Lilypond/Frescobaldi) e pesquisas em sistemas OpenSource.

FABRÍCIO FERREIRA (TMSC/UFRN): Bacharel em Música pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com habilitação em violão, exerce diversas atividades como docente e intérprete, se destacando como o idealizador e palestrante do projeto “Falando Música”, onde apresenta recitais didáticos. Já se apresentou como concertista durante o I, II, III e IV Encontro de Violonistas Paraibanos, consolidando assim sua carreira como solista. É integrante do Trio Continuum onde realiza o trabalho de música de câmara de forma intensa, seus alunos tem estado entre os primeiros colocados no vestibular para o curso de música da UFCG. Atualmente desenvolve atividades no Teatro Severino Cabral em Campina Grande e é Mestrando em Música pela UFRN.

BANDA BÊ (IFPB-CAJAZEIRAS): Este grupo faz parte de um projeto que visa à promoção de práticas musicais e a formação de novas plateias musicais dentro e fora do âmbito do IFPB Campus Cajazeiras, contemplando alunos de diferentes níveis e modalidades de ensino, servidores efetivos e terceirizados, bem como a comunidade externa em geral. Propõe-se a criação de grupos que realizem performances musicais do cancioneiro autoral paraibano privilegiando a produção independente, visando à criação de shows para a realização das apresentações didáticas musicais nas escolas da região, eventos da instituição, festivais/mostras artísticas e científicas em geral. O projeto tem como coordenador o Prof. Matheus Lopes.

FILARMÔNICA MAESTRO SEBASTIÃO OLIVEIRA BRITO (MONTEIRO-PB): Foi fundada entre os anos de 1968 e 1969 com a criação da escola de música no município de Monteiro-PB. Teve como primeiro nome, “15 de Novembro”, tendo como maestro, Sebastião Oliveira de Brito, o qual dar nome a então filarmônica através de uma homenagem prestada ao maestro. Sua primeira apresentação foi realizada nas cerimônias cívicas do dia 07 de Setembro de 1970, tendo como prefeito da época o senhor Arnaldo Lafaieye. Contou como regentes e diretores da banda o Prof. Ubiracy, Dagmar, Cheiroso, Waldick Feliciano (Miga) e atualmente com o diretor/regente André Bezerra Nascimento. A filarmônica realiza diversas apresentações durante todo o ano na cidade, o que faz de Monteiro uma cidade muito musical, junto às outras manifestações artísticas e musicais.

ORQUESTRA EXPERIMENTAL (IFPB-MONTEIRO): A Orquestra tem como perspectiva proporcionar aos participantes o contato direto com a prática musical camerística, uma melhor qualidade de vida por meio de práticas culturais a partir da música, visando à ampliação e a transformação do universo sociocultural desses indivíduos. O objetivo é o ensino e aprendizagem musical de alunos que provem de todos os professores dos cursos técnicos integrados e subsequente do Campus Monteiro. O projeto é idealizado por Cyran Costa Carneiro da Cunha, com participação e colaboração direta dos professores John Fidja Gomes, Marlon Barros e Abimael Oliveira Silva

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar