BrasilDestaques

Rebelião em presídio de Altamira, no Pará, deixa ao menos 52 mortos

xaltamira.jpg.pagespeed.ic_.8gUO_-JirR-650x390 Rebelião em presídio de Altamira, no Pará, deixa ao menos 52 mortos

ALTAMIRA (Pará) — Uma rebeliãono Centro de Recuperação Regional de Altamira, no Sudoeste do Pará, deixou ao menos 52 mortos na manhã desta segunda-feira. Segundo a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), 16 pessoas foram decapitadas.

Os detentos fazem uma rebelião desde as 7h desta segunda-feira. Dois agentes penitenciários mantidos reféns por uma hora, foram liberados pós uma negociação, que envolveu o juizado de Altamira, o Ministério Público e a Polícia Civil.

De acordo com a Susipe, presos do bloco A, de uma mesma facção criminosa, invadiram o anexo do presídio, onde vivem custodiados membros de um grupo rival. Uma briga entre essas organizações de criminosos teria motivado a rebelião. O motim durou cerca de cinco horas.

O GLOBO

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar