Esportes

Santos vence o San Lorenzo fora e sai na frente na Libertadores

Santos Santos vence o San Lorenzo fora e sai na frente na LibertadoresO Santos venceu o San Lorenzo (ARG) na noite de hoje (6), por 3 a 1, no estádio El Nuevo Gasómetro, na Argentina, pela terceira fase da preliminar da Copa Libertadores da América. Os gols foram marcados por Lucas Braga, Marinho e Ângelo, para Santos, e Ángel Romero, para o San Lorenzo.

Com a vitória, o Santos pode até perder por 2 a 0 que mesmo assim garante vaga na fase de grupos do torneio. A competição possui a regra do gol qualificado fora de casa, então se a derrota for por 4 a 2 ou mais, a vaga será dos argentinos.

O Peixe volta a enfrentar o San Lorenzo na próxima terça-feira (13), às 21h30, em duelo marcado para o estádio Mané Garrincha, em Brasília, devido às restrições do Estado de São Paulo no combate à pandemia da covid-19.

Os melhores: Lucas Braga e Pirani

Lucas Braga foi o responsável pelo primeiro gol em bela jogada individual pela esquerda. Durante toda a partida, ele foi o santista mais perigoso. Já o meia Gabriel Pirani deu belo passe para Marcos Leonardo sofrer o pênalti e participou bem da criação do Peixe durante todo o jogo.

Quem não foi bem: Pará

O lateral direito falhou em um lance decisivo da partida e que recolocou os argentinos no jogo. Foi ele quem não conseguiu cortar o cruzamento que chegou em Ángel Romero e terminou no gol do San Lorenzo.

Cronologia

O Santos abriu o placar logo no início da partida. Luan Peres ganhou a bola no círculo central e acionou Lucas Braga na esquerda. O atacante invadiu a área, deu bonito drible na marcação e bateu firme, cruzado, para fazer 1 a 0.

No fim do primeiro tempo, Gabriel Pirani enfiou linda bola para Marcos Leonardo, que acabou derrubado pelo goleiro: pênalti. Marinho cobrou alto e forte para ampliar.

Na segunda etapa, Ángel Romero recebeu cruzamento de Nicolás Fernández dentro da pequena após Pará não conseguir cortar. Ele bateu no canto, e João Paulo ainda tocou na bola, mas não evitou o gol: 2 a 1.

Já nos acréscimos, Soteldo puxou contra-ataque, deu para Madson pela direita que bateu cruzado. No rebote do goleiro, Ângelo apareceu para empurrar para o fundo das redes e fechar o placar.

Atuação do Santos: a cara de Holan

O Peixe mostrou exatamente aquilo que Ariel Holan propõe desde a sua chegada ao clube. O argentino aproveitou bem o período sem jogos para acertar a equipe nos treinamentos. Em campo, o Peixe dominou as ações e quase não sofreu sustos. Com Gabriel Pirani como meia com liberdade para cair pelos dois lados, o Santos criou jogadas principalmente com Lucas Braga pela esquerda. A dupla de zaga Kaiky e Luan Peres foi sólida e conseguiu ajudar no início da construção de jogadas como deseja o argentino.

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar