CidadesDestaques

Sobre a estagnação de São João do Tigre! Por Jorgimar Ventura.

texto Sobre a estagnação de São João do Tigre! Por Jorgimar Ventura.

 

Sobre a estagnação de São João do Tigre!

Mesmo acometido dessa doença, o meu amor pelo Tigre, tenho parado para analisar sua estagnação em termos de desenvolvimento econômico. Nos últimos tempos temos mais fechamento de estabelecimentos comerciais que mesmo a abertura de tais. Parece que nada dar certo. Que tudo está fadado a falência. Seja qual for o ramo, seja qual a origem do empreendedor, a tendência é fechar as portas. Até os mesmo os estabelecimentos que teimam em permanecerem abertos pararam no tempo.
No Tigre, seja qual for o comércio funciona em qualquer prédio: garagem, casa de moradia e por aí vai. Não há uma preocupação com a construção de prédio próprio, reforma com fachada, porta ou coisa que o identifique como comércio. O dinheiro parece não circular, as pessoas parecem não estarem aptas a independência econômica – comercial. Há entre os moradores um vício doentio de depender de Estado, de Prefeitura, de Mamãe ( Papai ) de Aposentadorias, Pensões, e assim caminha nosso povo.
Não há uma iniciativa de buscar fomentar frentes alternativas de empreendimento ( como faz o povo de Cacimbinha com seus fabricos e facções ). E nesse aspecto a questão não é falta de iniciativa desse ou daquele prefeito, é uma questão de apatia social. Se analisarmos em questões proporcionais o Distrito de Cacimbinha é mais desenvolvido que a sede, faz circular mais dinheiro que a sede.
O governador Ricardo Coutinho nos tirou do isolamento através do asfalto para Umbuzeiro e Camalaú. E estranhamente permanecemos no atraso. Não há como em outras localidades sistema regular de transporte. Em Umbuzeiro, Camalaú por exemplo há transporte regular para várias localidades. O nosso sistema de transporte só chega até Monteiro. Mesmo com o asfalto,misteriosamente a Empresa Real não desloca o ônibus até o Tigre.
Ultimamente estou começando a acreditar nos ditos populares que dizem que devem ter enterrado algo muito ruim no centro da cidade ( cavalo, urubu,etc). Só mesmo o misticismo para explicar o atraso, a estagnação da cidade de São João do Tigre.

Professor e Historiador Jorgimar Ventura.

Foto reprodução Google

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar