DestaquesParaíba

Software de otimização de coleta de dados pioneiro é desenvolvido na cidade de Monteiro

Larvicida1-300x260 Software de otimização de coleta de dados pioneiro é desenvolvido na cidade de Monteiro

Software de otimização de coleta de dados pioneiro é desenvolvido na cidade de Monteiro
A Prefeitura de Monteiro por meio do setor de Tecnologia da Informação desenvolveu um software para uso da Vigilância em Saúde da cidade. O programa, inédito no país, tem por objetivo tratar a gestão de informações dos Agentes Comunitários de Endemias (ACE) de maneira sistêmica, integrada e padronizada.
O programa, que será utilizado em tablets, possui as principais funções de atendimento presentes nas atuais planilhas dos ACE, que facilitará a gestão, importação e exportação dos dados coletados durante cada visita residencial ou predial. Hoje em todo o país, os agentes carregam pranchetas contendo inúmeros papéis para preenchimento dos dados das vistorias, além de todo o peso dos demais materiais e equipamentos necessários para o dia de trabalho.
“A ideia é fazer com que os ACE tenham um software que os possibilite gerenciar os dados, sem a necessidade de transcrever da ficha de papel para o computador, para só após ser enviado para o Ministério da Saúde. Monteiro será modelo para o país”, afirma o gerente de TI Valdevir Lira (Nem Lira).
O desenvolvimento do software resultou de uma ideia da prefeita Anna Lorena, que em reuniões com os agentes comunitários recebia diversas solicitações sobre a otimização dos relatórios, assim como já estava planejada a inserção de um programa para os Agentes de Saúde.
“Quando veio a solicitação da prefeita, pedi um tempo, pois, antes de desenvolver o projeto, precisava entender exatamente como poderia melhorar o processo. As planilhas no formato Excel usadas atualmente para gerenciamento das ações cotidianas dos ACE foram fundamentais para o sucesso do programa. A base, a inteligência, do projeto estava ali, o que precisava ser feito era a transição para um mecanismo profissional, que contasse também com cruzamento de dados, agilizando tudo e trazendo ainda mais segurança,” disse Nem Lira.
A prefeita Anna Lorena comemorou cada fase de criação do projeto e disse “Nós queremos oferecer o melhor à população de Monteiro, e melhorar significa também oferecer melhores condições de trabalho para os nossos funcionários. Esse programa vai possibilitar uma maior agilidade no trabalho, bem como nos relatórios. Teremos dados e cálculos com mais precisão. Monteiro mais uma vez será pioneiro.”
O programa contará com duas versões, uma resumida e uma versão mais completa com mais dados, que serão usadas de acordo com a necessidade vigente. Dentre os campos para utilização dos agentes estão campos sobre os reservatórios de água nos locais visitados, o que tornará mais precisa a quantidade de larvicida a ser usado em cada depósito de acordo com o tamanho e volume, pois o próprio software fará o cálculo.
Outra ferramenta disponível é o relatório de atendimentos que inclui o horário, quantidade de visitas realizadas e a realizar e até mesmo as rotas a serem seguidas. Um dos maiores atrativos também é em relação à sincronização que será feita de modo online, permitindo que a coordenação da Vigilância em Saúde possa identificar onde estão atendendo e qual o tempo gasto em cada visita.
“Não há no mercado outro produto como esse, voltado para este tipo de gestão. Acreditamos que este software despertará o interesse de outras prefeituras, sendo assim Monteiro mais uma vez o modelo de ações positivas. Na prática, ganharemos tempo e isso quer dizer que o gerenciamento e o controle operacional serão ainda melhores, mais rápidos e mais simples de executar. Coisa que só tecnologia de ponta pode proporcionar,” conta Silvana Maria, diretora de vigilância em saúde de Monteiro.
O programa de propriedade da Prefeitura Municipal de Monteiro, que tem hospedagem em um servidor próprio da PMM, levou seis meses para ser desenvolvido e já está em fase final de testes com previsão de implantação oficial em outubro deste ano, juntamente com o treinamento para os Agentes Comunitários de Endemias.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes
Fechar
Botão Voltar ao topo