Paraíba

Tenente do Exército é condenado por estupro de menor e perde a patente, na PB

16831636280003622710000-1-300x225 Tenente do Exército é condenado por estupro de menor e perde a patente, na PB

Um tenente aposentado do Exército em Campina Grande perdeu a patente e o posto após ser julgado e condenado pelo Superior Tribunal Militar (STM). A condenação do Exército aconteceu porque o tenente foi condenado na Justiça Comum à pena de dez anos de reclusão, por estupro de uma menor de idade que era moradora de rua.

Segundo o STM, o tenente respondeu a uma ação de representação para declaração de indignidade para o oficialato e perdeu, inclusive, o direito de receber seus salários. O militar está preso à disposição da Justiça Comum no 31º Batalhão de Infantaria Motorizado, em Campina Grande.

De acordo com o STM, em 2010, o militar começou a assediar a menor e a levou para sua casa, onde a obrigou a manter relações sexuais.

No processo, é relatado que o assédio do militar começou quando ele ofereceu presentes e dinheiro para a mãe da vítima em troca de poder sair com a menor.

“Na hipótese em exame, não há dúvida de que a ética foi profundamente abalada com o proceder do oficial. Os fatos ensejadores da resposta penal dão a moldura subjetiva imprescindível, traduzindo a reprovação de sua conduta e tornando inconciliável a posição do sentenciado com o oficialato” afirmou o STM.

Correio da PB

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar