Paraíba

Trabalhadores da Cagepa cruzam os braços nesta sexta-feira

foto_cagepa_em_greve_cg_1-300x200 Trabalhadores da Cagepa cruzam os braços nesta sexta-feira

Mais de dois mil trabalhadores da Cagepa devem realizar paralisação de advertência nesta sexta-feira (19), a partir das 7h. A decisão foi tomada, em assembleia, pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (StiuPB), que representa os trabalhadores da companhia em todo o estado da Paraíba, com exceção de João Pessoa. A categoria cobra mais diálogo com a Direção, recusa o parcelamento do reajuste da categoria e propôs mudanças no estatuto do servidor.  Greve por tempo indeterminado não foi descartada.

Sem acordo – O presidente do StiuPB, Adriano Teixeira, destacou que na mesa redonda entre os trabalhadores e a direção da Cagepa, realizada na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), em João Pessoa, a negociação não avançou. “A Cagepa, para surpresa dos trabalhadores, se negou a continuar a negociação, dizendo não ter mais propostas a apresentar”, revelou o sindicalista.

Segundo Teixeira, durante a negociação, o diretor Administrativo e Financeiro da Cagepa, Jorge Gurgel, ofereceu um reajuste de 9,83%, igual a inflação  de maio de 2015 a abril de 2016, que pago parceladamente até abril de 2017.

Ainda de acordo com Adriano Teixeira, o sindicato também não aceitou a proposta de suprimir alguns direitos conquistados sob a alegação de que a empresa encontra-se no limite financeiro.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar