DestaquesEsportes

Vasco vence o Botafogo no Nilton Santos e volta ao G4 do Brasileirão

VASCO-GANHA Vasco vence o Botafogo no Nilton Santos e volta ao G4 do Brasileirão
O Vasco venceu o clássico diante do Botafogo por 3 a 2, neste domingo (13/9), no Estádio Nilton Santos. Os gols vascaínos foram marcados por Ribamar, Cano e Ygor. Com o triunfo, o Cruzmaltino chegou aos 17 pontos e voltou ao G4, fechando a rodada na quarta colocação da tabela de classificação.

O próximo compromisso do Gigante da Colina será contra o mesmo Botafogo, na quinta-feira (17/9), às 19h, no Estádio Nilton Santos, pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. No Brasileirão, o adversário na sequência é o Coritiba, no domingo (20/9), às 16h, no Couto Pereira.

O JOGO

A primeira chegada foi logo no primeiro minuto. Talles recebeu na esquerda e tentou o cruzamento para Ribamar, que pegou de canhota, mas bateu muito embaixo da bola. Aos 16, o gol vascaíno saiu. Após boa troca de passe na frente da área, Pikachu soltou a bomba, a bola bateu na trave e sobrou para Talles, que impedido, conferiu. Gol anulado pelo VAR. Mas o gol veio. Pikachu tocou em Benítez na direita, o camisa 10 cruzou para a área, a zaga do Botafogo falhou e Ribamar não perdoou: VASCO 1 a 0.

Aos 35, Talles fez boa jogada pela direita, tocou em Ribamar, que fez a parede e devolveu. O camisa 11 bateu colocado e por pouco não ampliou. No escanteio, Benítez tentou bem fechado, mas o goleiro salvou duas vezes. Aos 39, Benítez cobrou falta lateral direto e mandou bem perto do gol.

O segundo tempo começou com o adversário melhor, obtendo o empate logo aos 3 minutos: 1 a 1. Aos 11, Ribamar arrancou do campo de defesa e tentou o cruzamento para Cano. O argentino tentou a finalização, mas o zaga conseguiu afastar pouco antes. Aos 22, Talles arrancou em contra-ataque e tocou para Benítez, que tentou o cruzamento de primeira, mas a zaga afastou para escanteio. Aos 25, Ygor driblou o marcador e cruzou para a área, mas ninguém conferiu.

A pressão deu resultado pouco depois. Benítez colocou na área com maestria, Cano cabeceou no chão, o goleiro pegou e no rebote, ele guardou: VASCO 2 a 1. O time aproveitou o bom momento e aos 27, Marcos Júnior arrancou até a entrada da área, tocou em Ygor, que bateu colocado, no cantinho, para ampliar: VASCO 3 a 1. O adversário descontou aos 37: 3 a 2. Aos 42, o rival chegou com perigo e Fernando Miguel fez uma defesa milagrosa, garantindo a vitória.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 3 VASCO
DATA/HORA: 13/9/2020, às 20h30 (de Brasília)
LOCAL: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
ÁRBITRO: Wilton Pereira de Sampaio (Fifa/Go)
ASSISTENTES: Bruno Raphael Pires (Fifa/Go) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões Amarelos: Rafael Forster, Paulo Autuori (BOT); Benítez e Fellipe Bastos (VAS)
Gols: Ribamar (351/1T, 0-1), Matheus Babi (3’/2T, 1-1), Cano (26’/2T 1-2), Ygor (27’/2T, 1-3) e Matheus Babi (37’/2T, 2-3)
BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin (Barrandeguy, 12’/2T), Kanu, Marcelo Benevenuto (Kalou, intervalo), Rafael Forster e Victor Luis; Honda (Rentería, 42’/1T), Bruno Nazário e Caio Alexandre (Luiz Otávio, 42/1T); Matheus Babi e Rhuan (Pedro Raul, 12’/2T) – Técnico: Paulo Autuori
VASCO:  Fernando Miguel, Yago Pikachu, Ricardo Graça (Miranda, 6’/2T), Leandro Castan e Henrique; Marcos Júnior, Fellipe Bastos e Benítez (Neto Borges, 40’/2T); Ribamar (Ygor, 12’/2T), Cano e Talles Magno (Bruno César, 40’/2T) – Técnico: Ramon Menezes
Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar