Policial

Irmão de vereador é morto a facada por amigo após briga e bebedeira em bar, na PB

17205636280003622710000-300x225 Irmão de vereador é morto a facada por amigo após briga e bebedeira em bar, na PB

Duas pessoas foram assassinadas em ocorrências registradas entre a noite desse sábado (7) e a madrugada deste domingo (8) na Paraíba. Em um dos casos, o irmão de um vereador foi morto com facada desferida por amigo após briga e bebedeira em bar. No outro crime, um homem foi assassinado a tiros nas proximidades de uma casa de shows.

O fato que envolveu o irmão de um vereador (a identidade do parlamentar não foi revelada pela polícia) aconteceu em um bar na Zona Rural de Alagoa Nova, no Brejo da Paraíba, a 148 km de João Pessoa, na noite desse sábado. Segundo o agente Thiago, da Polícia Civil da cidade, a vítima bebia com amigos, dentre os quais o suspeito do crime.

“O que foi apurado é que houve uma briga, por motivo que ainda não sabemos, e a vítima resolveu ir embora do local. Quando chegou ao carro, o amigo dele, que iria embora de carona, se recusou a deixar o local e os dois discutiram. Nesse momento, o ‘carona’ puxou uma faca peixeira e atingiu o irmão do vereador no peito”, contou Thiago.

Ferido, o homem ainda conseguiu dirigir até o hospital de Alagoa Nova, de onde foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, onde acabou falecendo na madrugada deste domingo.

O suspeito de desferir a facada fugiu e, até o fechamento desta matéria, não foi localizado pela polícia.

O outro crime ocorreu em Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba, a 62 km da Capital, na madrugada deste domingo. Um homem foi morto a tiros nas proximidades de uma casa de shows, em uma localidade conhecida como Areal.

“A polícia foi chamada ao local e comunicou o fato ao Samu, que confirmou a morte”, afirmou o sargento Olegário, da Polícia Militar de Mamanguape, acrescentando que a vítima sofreu dois disparos de arma de fogo, no tórax e na coxa direita.

A PM informou que dois homens seriam suspeitos do homicídio, mas não apurou o que teria o motivado.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar